MUDANÇA: Guarda Municipal tem novo comandante a partir de fevereiro

A Guarda Municipal de Ibaté terá novo comandante a partir de fevereiro. Ângelo Henrique Daniel, o Lindão, deve deixar o posto após ter assumido o comando da GM no dia 04 de janeiro.

O portal Região em Destake apurou que o futuro comandante será Valdinei Antonio de Carvalho. Ele, que é morador de Ibaté e ex-policial rodoviário, já teria visitado nesta segunda-feira (30), diversos postos e tomado conhecimento dos serviços da Guarda Municipal na cidade.

A informação não foi confirmada pela assessoria de imprensa da Prefeitura de Ibaté, porém, o novo comandante deverá ser apresentado oficialmente, ainda esta semana, para toda a corporação.

A Segurança é a principal bandeira do prefeito José Luiz Parella, o Zé Parrella. “Esta será a bandeira do meu governo. A Guarda Municipal vai proteger não só o patrimônio público, como também estará presente nas escolas, praças e onde for necessário para promover a segurança dos nossos munícipes”, declarou durante a apresentação do comandante Lindão.

Zé Parrella relatou aos agentes da Guarda Municipal que em seu governo a guarda voltará a ser valorizada e respeitada. O prefeito repassou um veículo Mitsubishi Lancer, que pertencia ao gabinete do Poder Executivo, que já esta à disposição da corporação para a realização das rondas diárias.

2 thoughts on “MUDANÇA: Guarda Municipal tem novo comandante a partir de fevereiro

  1. Pelo que tudo indica o gestor não está “obtendo êxito” com sua bandeira (segurança pública). Em menos de um mês trocar o comandante da GM, já é indício de que faltou sintonia entre as partes (prefeito/comando da GM). Esperamos que o mesmo não aconteça com o novo comandante.

  2. o prefeito repassou um veiculo mitsubishi lancer, porem os agentes da GM so podem utilizar dele se o comando ou sub comando estiverem juntos, caso contrario somente motos, incluindo noturno, chuva, frio.
    Disse q sera valorizada e respeitada, mas a falta de respeito comeca quando o proprio coloca UM guarda para trabalhar fazendo ronda no Cruzado que é um bairro de alto risco de periculosidade SOZINHO para andar do PSF ate a UBS, ou seja.. o guarda faria quatro quarteiroes a pé e sozinho. Cade o respeito e o valor? Cade o minimo do bom senso?

Deixe uma resposta