IBATÉ | Câmara reduz o número de sessões; reuniões serão quinzenais

Em reunião ordinária na noite da última segunda-feira (6), a Câmara  Municipal de Ibaté aprovou o Projeto de Resolução nº 126/2017, que dispõe sobre alteração do Regimento Interno do Legislativo.

A partir desta quarta-feira (8), quando foi publicada a Resolução no órgão oficial da cidade, as sessões ordinárias serão realizadas quinzenalmente, ou seja, duas sessões por mês e não mais semanal como era atualmente.

Favorável ao projeto, a vereadora Ivani Almeida da Silva (PTB) declarou que “em conversa com todos os demais vereadores, chegamos a uma conclusão de que devemos cortar gastos e assim, se formos convocados de urgência, estaremos fazendo as sessões extraordinárias, porque já estão incluídas em nossos salários”, comentou.

“Estaremos fazendo isso devido à corte de gastos. Às vezes, acabam vindo aqui, como acompanhei em algumas outras sessões, aonde não tinham projetos. Se ‘subir’ alguma coisa de urgência, a gente vai estar sempre disponível para estar trabalhando pela nossa população ibateense”, completou a vereadora.

Contrário ao projeto, o vereador Marino Motos (PSDB) destacou que o projeto que tornou as sessões semanais na Legislatura passada foi de sua autoria. “Lá atrás, a gente batalhou para que isso acontecesse em nossa cidade, que já vinha com um trabalho diferente e sentimos a necessidade de apresentar um projeto dessa forma, portanto, declaro que serei contra a redução do número de sessões”, declarou.

A redução das sessões mensais acabou sendo aprovada por 6 votos favoráveis e 2 contrários. Marino e Steigue Faccio (PSB) rejeitaram a proposta.

Aumento salarial

Na Legislatura passada, também por maioria de votos, a Câmara Municipal de Ibaté aprovou o aumento dos subsídios dos vereadores.

Em fevereiro de 2015, em votação polêmica, os subsídios haviam sido fixados em R$ 6.000,00. Em setembro do mesmo ano, os vereadores voltaram atrás e reduziram os subsídios em R$ 4.300.00.

Na época, votaram contrários ao aumento, os vereadores Marino Motos, Marinho Frigieri (PSDB), Neia Monte (PV) e Fábio Gomes (PSB).

Acompanhe o resumo da sessão de segunda-feira

1 thought on “IBATÉ | Câmara reduz o número de sessões; reuniões serão quinzenais

  1. É pena que povo discute coisas pequenas e as relevantes passam batidas. Se querem reduzir custos, que sejam coerentes. Se a carga de trabalho foi reduzida em 50% nada mais coerente que os salários também sejam ou seja, se não fizerem isso e não o farão, na realidade os vereadores tiveram um aumento de 100% em seu salários, trabalham 50% a menos mantém os salários. Outra coisa, se houve corte de 50% (passando de 4 sessões para 2) qual a necessidade de se aumentar o salário e criar cargo de diretor com salário de R$6.043,00, não é para reduzir custo? Pelo visto só o Parella que faz por Ibaté, esse sim é diferente de tudo e de todos e que Deus o proteja sempre.

Deixe uma resposta