SÃO CARLOS | Com investimentos de contrapartida, começa a operação tapa-buraco

A Prefeitura de São Carlos iniciou nesta segunda-feira (13/2), a operação tapa-buraco. Cerca de 3 mil buracos devem ser fechados ao longo das próximas semanas. O investimento de R$ 120 mil foi feito pela empresa Damha, através de uma contrapartida. “O Plano Diretor e o Estatuto da Cidade preveem contrapartidas. Em conversas com as secretarias de Transporte e Trânsito, Serviços Públicos, Habitação e Desenvolvimento Urbano e com o prefeito Airton Garcia decidimos usar essa contrapartida para o tapa-buraco emergencial”, afirmou Coca Ferraz, secretário de Transporte e Trânsito.

Para realização do serviço, é necessário interditar parte das vias. “Peço paciência aos motoristas. As interdições são pontuais. Os amarelinhos estão dando auxílio à equipe do tapa-buraco. O trabalho será realizado das 8h às 17h”, disse Mariel Olmo, secretário de Serviços Públicos.

Os trabalhos começaram pela avenida São Carlos e Miguel Petroni. “Nesse momento, vamos fechar os buracos das principais avenidas e ruas com maior fluxo de veículos. As outras vias serão atendidas assim que a licitação for concluída. São Carlos tem hoje, aproximadamente 60 mil buracos”, afirmou Mariel Olmo.  

O edital para a realização do serviço de tapa-buraco está em andamento. Serão investidos R$ 2,5 milhões. A proposta é trabalhar com pelo menos seis equipes e, em 90 dias, fechar 80% dos buracos da cidade.

A Prefeitura também trabalha num projeto para buscar recursos junto ao Investe SP para o recapeamento da cidade. “Serão R$ 30 milhões de reais para recapear 700 quarteirões. Começaremos pelos principais corredores de ônibus e avenidas que fomentam a economia da cidade”, disse o prefeito Airton Garcia. 

Deixe uma resposta