DESTAKE | AME Américo Brasiliense tem 99,2% de aprovação pelos usuários

A pesquisa anual de satisfação realizada pela Secretaria de Estado da Saúde apontou uma média de 96,7% de aprovação dos pacientes e usuários dos AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades) em 2016. A unidade de Américo Brasiliense do equipamento público obteve 99,2% de aprovação por parte dos usuários.  Foram avaliados seis quesitos do serviço: espaço físico, atendimento da recepção, atendimento da equipe médica e da equipe de enfermagem, atendimento de outros profissionais e ambulatório. “Saúde se mantém com investimento, infraestrutura de qualidade e um time de profissionais comprometido e sensível às necessidades dos pacientes. Essa equipe me orgulha”, elogiou o governador Geraldo Alckmin.

A pesquisa apontou ainda que os AMEs de Atibaia e São João da Boa Vista receberam as melhores avaliações entre os usuários, com índice geral de 100% de aprovação, seguidos dos os AMEs Clínico e Cirúrgico de Barretos, Ituverava e Tupã, com 99,9%. Os índices superiores a 99% são verificados em 1/3 do total de AMEs espalhados pelo território paulista (confira a lista completa).

Os AMEs são unidades estaduais de alta resolutividade, com modernos equipamentos, que oferecem consultas com médicos em diferentes especialidades, consultas não-médicas em áreas como fisioterapia e fonoaudiologia, exames de apoio diagnóstico e, em alguns casos, cirurgias em um mesmo local, proporcionando maior rapidez ao diagnóstico e ao tratamento dos pacientes.

O novo modelo começou a ser implantado em 2007 no Estado de São Paulo. Desde 2011 foram instaladas 19 novas unidades. Agora a Secretaria Estadual de Saúde está empenhada na transformação de todas as unidades em “AMEs Mais”, com cirurgias de média complexidade e internação no regime de hospital-dia. Das 55 unidades, 35 já realizam pequenas e médias cirurgias. “Os AMEs foram criados para atender de forma rápida e eficaz casos de média complexidade, promovendo diagnóstico precoce, tratamento cirúrgico ou terapêutico a pacientes que não precisam de internação hospitalar ou atendimento de urgência”, explicou o governador.

Os AMEs recebem pacientes encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde dos municípios. O agendamento das consultas é feita pelos próprios postos de saúde, mediante sistema informatizado da Secretaria.

Confira a relação de AMEs e os índices de aprovação:

Ambulatório Índice de aprovação
AME AMÉRICO BRASILIENSE 99,2
AME ANDRADINA 99
AME ARAÇATUBA 99,4
AME ASSIS 98,9
AME ATIBAIA 100
AME BARRETOS CIRÚRGICO 99,9
AME BARRETOS GERAL 99,9
AME BAURU 97,3
AME BOURROUL 95,5
AME CARAGUATATUBA 98,1
AME CARAPICUÍBA 95,9
AME CASA BRANCA 98,7
AME CATANDUVA 99,4
AME DRACENA 98,2
AME FERNANDÓPOLIS 98,5
AME FRANCA 99
AME HELIÓPOLIS 97,6
AME IDOSO OESTE 98,8
AME IDOSO SUDESTE 98,4
AME INTERLAGOS 93
AME ITAPETININGA 97
AME ITAPEVA 99
AME ITAPEVI 98,7
AME ITU 99
AME ITUVERAVA 99,9
AME JALES 99,5
AME JARDIM DOS PRADOS 90,9
AME JUNDIAÍ 98,6
AME LIMEIRA 96,2
AME MARIA ZÉLIA 92,5
AME MAUÁ 98
AME MOGI DAS CRUZES 97,7
AME MOGI-GUAÇU 98,4
AME OURINHOS 99
AME PARIQUERA-AÇU 97,9
AME PIRACICABA 98,3
AME PRAIA GRANDE 97,6
AME PRESIDENTE PRUDENTE 97,4
AME PROMISSÃO 99
AME RIO CLARO 99,2
AME SANTA BÁRBARA 99,3
AME SANTA FÉ DO SUL 98,6
AME SANTO ANDRÉ 96,3
AME SANTOS 98
AME SÃO JOÃO DA BOA VISTA 100
AME SÃO JOSÉ DO RIO PRETO 98,8
AME SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 91,8
AME SOROCABA 97,7
AME TABOÃO DA SERRA 97,7
AME TUPÃ 99,9
AME VILA MARIA – PSIQUIATRIA 95,3
AME VOTUPORANGA 98,9
AME ZONA LESTE 91,2

Deixe uma resposta