NOVIDADE | Filhote de anta nasce no Parque Ecológico de São Carlos

 

Um filhote de anta, animal considerado ameaçado no Brasil, é o mais novo morador do Parque Ecológico de São Carlos. A anta fêmea nasceu no início da tarde, desta quinta-feira (30), e passa bem.

Essa foi a vigésima reprodução da espécie no Parque. “Estamos muito contente com esse nascimento. Ele demonstra que o Parque oferece equilíbrio ambiental necessário para o desenvolvimento da espécie”, afirmou Guilherme Marrara, diretor do Departamento de Defesa e Controle Animal. 

A Anta Brasileira está na lista da IUCN (International Union for Conservation of Nature) como um animal em vulnerável a extinção, devido ao grande declínio de sua população em virtude da caça, do desmatamento e a competição com animais domésticos.

O animal é o maior mamífero brasileiro, com mais de 2 metros de comprimento, mais de 1 metro de altura e peso de até 250 Kg. A gestação é muito longa, aproximadamente 13 meses, o que também dificulta o aumento da população. O filhote nasce com aproximadamente 6 kg, pele rajada e algumas pintas, que desaparecerão após alguns meses para dar lugar à pele escura característica dos indivíduos adultos.

A nova moradora já pode receber visitas, mas é preciso ter alguns cuidados. “Como o animal é muito novinho, vamos orientar os visitantes a não usarem máquinas com flashes, não fazer barulho, não jogar alimentos ou qualquer outro objeto no recinto”, disse Guilherme Marrara.

O nome da anta será escolhido pela população. A equipe do Parque Ecológico disponibilizará nos próximos dias, na página do facebook do Parque, orientações para escolha do nome do filhote.

O Parque Ecológico de São Carlos funciona de terça-feira a domingo, das 8h às 16h30, com entrada gratuita. Informações pelo telefone 16-33612429, email [email protected], ou pelo facebook.com/ParqueEcologicoSaoCarlos.

Deixe uma resposta