SÃO CARLOS | Prohab retoma produção da Usina de Reciclagem de Resíduos da Construção Civil

 

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Prohab (Progresso e Habitação de São Carlos), retomou a produção da Usina de Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e da Fábrica de Artefatos de Cimento (FAC).

A usina já está processando 180 toneladas por dia de resíduos sólidos provenientes da construção civil, sendo que São Carlos gera hoje aproximadamente 380 toneladas diárias de resíduos da construção e de demolição.

“A nossa intenção é chegar a 100% da reciclagem, receber 380 toneladas de resíduos e processar 380 diariamente, porém para que isso seja possível será necessário buscar recursos junto ao Governo Federal para a montagem de uma nova usina na cidade”, comenta Júlio César Alves Ferreira, diretor presidente da PROHAB.

Já a capacidade diária de produção da Fábrica de Artefatos de Cimento é de 3.600 blocos, porém neste momento em virtude da pouca mão de obra disponível, a produção ainda não é total. Além disso, estão sendo produzidos canaletas, pisos intertravados, que além de flexíveis, são permeáveis e antiderrapantes, e podotátil, que são os utilizados em espaços público-privados para orientação de deficientes visuais e idosos. São dois modelos de piso tátil: o direcional, para orientação de percurso e o de alerta para avisar a mudança da direção ou perigo.

De acordo com Júlio César Alves Ferreira hoje somente 4 reeducandos estão trabalhando na FAC. Em virtude disso estamos priorizando a fabricação de blocos, produto mais utilizado na maioria dos equipamentos construídos pela Prefeitura. A produção de 3.600 blocos/dia corresponde a duas residências/dia, por isso estamos trabalhando para alcançar esse patamar”, conclui o diretor presidente da Prohab.

“O funcionamento da usina trará inúmeros benefícios. Esse processo irá gerar ganhos ambientais e financeiros, pois os resíduos reciclados servirão de matéria-prima para as obras da Prefeitura”, garante o prefeito Airton Garcia.

A Usina de Reciclagem de Entulhos da Prohab já foi considerada modelo no tratamento de resíduos da construção na Rio + 20,  a Conferência da Organização das Nações Unidas, maior evento mundial para discutir Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável realizada em 2012. A cidade recebeu um certificado pela prática desenvolvida em gestão sustentável. No mesmo ano o trabalho da Usina também foi uma das 30 experiências selecionadas para receber o prêmio “Boas Práticas em Sustentabilidade Ambiental Urbana” do Ministério do Meio Ambiente.

Deixe uma resposta