SAÚDE | Prefeitura assume o pagamento do extrateto da Santa Casa

Em reunião realizada durante a manhã desta quarta-feira (5), no Paço Municipal, entre a direção da Santa Casa e a Prefeitura de São Carlos, foi assinado novo termo aditivo relativo ao contrato entre município e o hospital.

Pela Santa Casa assinou o provedorAntônio Valério Morillas Júnior e pelo município o prefeito Airton Garcia e o secretário de Saúde, Carlos Eduardo Colenci, porém também participaram da solenidade o vice-prefeito Giuliano Cardinali, o diretor superintendente da Santa Casa, Daniel Bonini, o diretor clínico, Flávio Guimarães, o gerente hospitalar Eduardo Pramparo, odiretor técnico Afonso Pannacci, os secretários de Governo, Edson Fermiano, de Comunicação, Mateus Aquino e de Planejamento, Roberto Ignatios, o diretor de Coordenação de Política Institucional, Samir Gardini, o assessor especial de gabinete, Antônio Carlos Catharino, os vereadores Lucão Fernandes, Cidinha do Oncológico, Elton Carvalho e Aleksander Fernandes Vieira (Malabim).

Pelo novo acordo, a principal cláusula ficou por conta do pagamento do chamado extrateto. A partir de agora a Prefeitura vai reconhecer toda a produção do hospital realizada via Sistema Único de Saúde (SUS), uma reivindicação antiga da instituição.

Outra questão resolvida foi com relação aos plantões realizados pelo Serviço Médico de Urgência (SMU) da Santa Casa e pela Maternidade Dona Francisca Cintra Silva. Pelo acordo o município passa a pagar 100% de todos os plantões de urgência e emergência. Em administrações anteriores a Prefeitura pagava somente 60% do valor dos plantões.

A população vai receber o atendimento de urgência e emergência de 10 médicos plantonistas presenciais. Além de 17 plantonistas à distância, sendo das especialidades de anestesia, bucomaxilo, cardiologia, cirurgia vascular, cirurgia cardíaca, cirurgia geral, cirurgia pediátrica, endocrinologia, endoscopia, ginecologia, imagem, nefrologia, neurologia, neurocirurgia, oftalmologia, ortopedia, otorrino, pediatria, urologia, cirurgia plástica e oncologia. Os plantonistas à distância têm até 20 minutos para chegar ao hospital quando acionados.

“Como agora temos um médico regulador na Santa Casa, será realizada uma regulamentação rígida com relação aos excedentes e toda a produção do hospital será reconhecida por esse profissional e paga pelo município, não tendo, portanto mais problemas com reconhecimento de dívidas relativas ao extrateto. Já quanto aos plantões vamos reforçar a urgência e emergência do hospital uma vez que estamos com duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) fechadas por falta de médicos, problema que também já estamos trabalhando para resolver”, explica Carlos Eduardo Colenci, secretário de Saúde.

Questionado como o município vai pagar o hospital, Colenci foi enfático. “A princípio a Prefeitura vai arcar com esses custos, porém já estamos buscando recursos junto ao Governo Federal para cobrir essas despesas”, finalizou o secretário.

O diretor superintendente da Santa Casa, médico Daniel Bonini, garante que com o pagamento da produção, o hospital deixa de amargar um déficit de R$ 7Com assinatura do novo termo, a Santa Casa vai poder quitar algumas dívidas, como por exemplo, a relacionada aos médicos das Unidades de Tratamento Intensivo.  Esse acordo é histórico, o extrateto nada mais é que o serviço que ultrapassou o estabelecido em contrato e que o hospital. Com o acordo quem sai ganhando é a população. Essa é mais uma tentativa para tirar a saúde do caos, situação na qual encontramos a área. Não vamos medir esforços para melhorar a qualidade e a oferta desses serviços”, disse o prefeito Airton Garcia.

De acordo com Antônio Valério Morillas Júnior, provedor da Santa Casa, essa contratualização beneficia todos e é inédita. Osvalores excedentes serão pagos pela Prefeitura, mas também é de interesse do Hospital que seja produzido o que está em contrato, o que tem verba. A expectativa é de que o auditor tenha um papel efetivo”.

Para o vereador Lucão Fernandes, presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, o termo assinado é um marco para a cidade de São Carlos. “A Santa Casa está de portas abertas e o prefeito Airton Garcia, apesar das dificuldades encontradas na saúde, teve a coragem de quebrar o tabu e resolver a questão do extrateto”.

Nos próximos dias a Prefeitura deve assinar novo acordo com a Santa Casa relativo às cirurgias eletivas e oncológicas. Neste sábado (8), será realizado outro Mutirão de Catarata, desta vez estão prevista 150 cirurgias.

2 thoughts on “SAÚDE | Prefeitura assume o pagamento do extrateto da Santa Casa

  1. faz 4 anos queestou esperando uma cirurgia de joelho menisco etc pois ja fui na getulio vargas passei por médicos com guia de cirurgia dejoelho pois nada consegui airton garcia e os demais que comandam a santa casa peço atenciosamente esta resposta pois cada dia mais complicado a situação

Deixe uma resposta