SAÚDE | Acordo entre Prefeitura e H-Universitário oferece 400 novas consultas por mês

 

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, firmou nesta quinta-feira (6), novo acordo com o Hospital Universitário pelo qual serão disponibilizadas 408 consultas mensais no ambulatório de Especialidades HU-UFSCar.

Ficou estabelecido que as consultas serão oferecidas nas especialidades de endocrinologia (48), Hematologia (72), Nefrologia (144), Neurologia (72) e Cardiologia (72). O HU vai encaminhar todo o dia 15 de cada mês as agendas do Ambulatório para o Departamento de Regulação da Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com Ângela Leal, superintendente do HU, essas consultas são extras. “No contrato que assinamos com o município, em dezembro de 2016, esse serviço não estava previsto, porém vamos fazer essa oferta como um adicional para ajudar o município a suprir a demanda de consultas em cinco especialidades”, explicou a superintendente lembrando que todas as consultas serão referenciadas pela rede municipal de saúde.

Para o secretário municipal de Saúde essa é mais uma forma de fazer a fila de consulta andar. “Com esse acordo vamos diminuir o tempo de espera por uma consulta nessas especialidades, desafogando o atendimento do Ceme (Centro Municipal de Especialidades). Acreditamos que até o final deste mês já estaremos encaminhando usuários do SUS para consultas no HU, porém é necessário ressaltar que o paciente será encaminhado para esse procedimento por meio das unidades básicas e de saúde da família, não sendo necessário ir ao HU para marcar a consulta”, enfatizou Carlos Eduardo Colenci.

“Estamos trabalhando para tirar a saúde do caos em que encontramos, para solucionar os problema e esse acordo é mais uma ação nesse sentido”, disse o prefeito Airton Garcia.

Pediatria – O Hospital Universitário solicitou à Secretaria Municipal de Saúde a cessão de pediatras para que retome o atendimento de “porta aberta” na pediatria, já que hoje o atendimento só é feito referenciado pela UPA Vila Prado ou pelo SAMU.

“Estamos nos organizando desde o início da minha gestão para retomar o atendimento no setor de Pediatria, porém para que isso aconteça precisamos de mais 5 especialistas na área para atender a demanda espontânea da cidade. Hoje temos 13 pediatras, não sendo possível o preenchimento da escala, precisamos de 18. Fizemos o pedido ao secretário Colenci que vai analisar a possibilidade e viabilidade de atendimento”, explicou Ângela Leal.

A Secretaria de Saúde vai encaminhar o pedido para o Departamento Jurídico analisar a questão.

Deixe uma resposta