ESPORTE | Festival Apanasc de Natação reúne centenas de pessoas na piscina do Luisão

 

O Festival de Natação da Associação de Pais e Amigos da Natação de São Carlos (Apanasc) reuniu centenas de pessoas no último domingo (9), na piscina do estádio professor Luis Augusto de Oliveira (Luisão), local recentemente revitalizado com apoio da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

O evento teve início com a apresentação da nadadora alemã Gabriela Marion Reha, finalista olímpica com a equipe da Alemanha Ocidental na prova de 4x100m Medley nas Olimpíadas de Seoul em 1988. Na sequência começaram as provas. Os primeiros a cair na água foram os nadadores iniciantes na faixa etária dos 7 anos. Durante toda a manhã o público, que lotou as arquibancadas da piscina do Luisão, pode assistir provas de nado borboleta, costas, peito e crawl.

Segundo a presidente da Apanasc, Viviane Simolini essa é primeira chance que os iniciantes da natação têm de começar a entender o funcionamento de uma competição. “Aqui eles aprendem o balizamento, a sequência de apitos para subir na baliza, para a largada e algumas regras básicas, além de possibilitar aos pais acompanhar o desempenho dos filhos”.

“A Apanasc atende hoje, gratuitamente, 160 crianças pelo projeto social que desenvolve, portanto temos a obrigação de apoiar entidades que nos ajudam a inserir crianças no esporte. A natação é um dos esportes mais completos que existem. Além dos diversos benefícios que oferece, sua prática também é bastante prazerosa, sendo recomendada para todas as idades”, garante Edson Ferraz, secretário de Esportes e Lazer.

O prefeito Airton Garcia lembrou que com o apoio da comunidade tudo se torna mais fácil e rápido. “A nossa Secretaria de Esportes disponibilizou a tinta para a pintura de grades, guias e paredes e a Apanasc entrou com a mão de obra, o que facilitou o processo e resolveu o problema”, ressaltou o prefeito agradecendo a diretoria da entidade, professores, pais e alunos.

“com o apoio do prefeito Airton Garcia e do secretário Edson Ferraz conseguimos recuperar área da piscina do Luisão, fazer o tratamento adequado da água com ajuda do SAAE e retomar o festival de natação, evento que não realizávamos há 4 anos por falta de apoio do poder público”, reafirmou a diretora da Apanasc.

Todos os alunos que participaram do Festival receberam medalhas ao final das provas.

Deixe uma resposta