ARARAQUARA | Yashuda vistoria funcionamento e conhece melhorias no Terminal Rodoviário

O presidente da Câmara Municipal de Araraquara, Jéferson Yashuda Farmacêutico (PSDB), visitou nessa quarta-feira (19) o Terminal Rodoviário de Passageiros de Araraquara, onde foi recebido por Claudio de Oliveira Gomes, gerente operacional da Riêra Empreendimentos e Administração, empresa concessionária do Terminal de Passageiros há quase 5 anos.

O parlamentar esteve no local para conhecer de perto a estrutura, as condições das instalações e a realização de melhorias e manutenção previstas do contrato de concessão cuja duração é de 30 anos.

Junto com o gerente, o parlamentar circulou por todas as dependências do local e pode conferir as melhorias implantas, bem como os projetos que estão em andamento. O gerente informou a Yashuda que o elevador já foi comprado e a empresa aguarda a aprovação do projeto na Prefeitura para iniciar a instalação.  A Riêra tem 16 funcionários trabalhando na rodoviária de Araraquara.

Também está em andamento um projeto de adequação de rampas de acessibilidade para cadeirantes de acordo com as normas determinadas pelo Corpo de Bombeiros.  Outro projeto em andamento é o da instalação de um gerador de energia com autonomia de 4 a 6 horas para garantir o fornecimento de energia na área de uso comum do Terminal de Passageiros.

Inaugurado em 1981, o Terminal Rodoviário de Araraquara hoje opera com uma média diária de 2 mil passageiros, sendo 50% desse total de empresas que  fazem linhas intermunicipais próximas de Araraquara e que não pagam taxa de embarque.  As duas principais empresas que utilizam o terminal (Cruz e Cometa) operam com cerca de 50 ônibus diariamente no local. “A rodoviária de Araraquara está muito acima de outras cidades do mesmo porte ou mesmo de cidade maiores. Só quem viaja bastante pode avaliar”, disse o gerente operacional da Riêra, que administra 14 rodoviárias em todo o Brasil, entre as quais as rodoviárias de Jacareí, Anápolis, Cascavel, Caraguatatuba, Ubá e Itápolis. 

Desde que assumiu a administração, a empresa concessionária realizou inúmeras melhorias, muitas delas invisíveis aos usuários, conforme o gerente mostrou ao parlamentar durante a visita, como a individualização do consumo de água e energia elétrica, a troca de 80% das tubulações de água e esgoto de ferro por tubos de PVC,  reforma do forro e calhas, troca da iluminação externa por lâmpadas de LED, renovação das plataformas de embarque e desembarque, reforma e manutenção dos banheiros, pintura geral e instalação de câmeras de segurança nos dois pavimentos. A empresa também tem segurança interna privada 24 horas, a qual é reforçada em períodos de feriados quando aumenta o fluxo de passageiros.  

O gerente agradeceu Yashuda por indicação feita à Guarda Municipal para ampliar o patrulhamento no entorno da rodoviária.  “A presença de viaturas da Polícia Militar e da Guarda Municipal aumentam a sensação de segurança”, disse Gomes.

O parlamentar também verificou a limpeza na rodoviária. Os banheiros são lavados duas vezes por dia e o chão também estava bem limpo.  “Não existe reclamação em relação à limpeza”, disse o parlamentar.

As boas condições da rodoviária foram confirmadas por Clélio Bacaglini, comerciante há 31 anos na rodoviária, dono da lanchonete Parada Café, único aberto 24 horas no local. “Posso afirmar que a Riêra é a administração que mais deu atenção aos comerciantes. Pegou a administração num momento ruim, de crise econômica, com forte queda no fluxo de passageiros, algo em torno de 40% de queda nos últimos cinco anos”, disse.   

Na semana passada foi instalado um sistema de som interno na rodoviária, inicialmente apenas com música ambiente, mas que em breve será usado para anunciar os horários de embarque e desembarque de passageiros.

O vereador disse que o contrato de concessão está sendo cumprido e que as planilhas dos três primeiros meses foram entregues esta semana à Controladoria de Trânsito de Araraquara (CTA), gestora do contrato.

O presidente da Câmara também recebeu cópia das planilhas.  Em relação aos moradores de rua que ficam nas proximidades do Terminal Rodoviário, o parlamentar disse que pedirá providências ao setor competente da Prefeitura, visto que comprovadamente parte desses moradores de rua está provisoriamente se alojando em uma construção parada nas imediações da rodoviária. 

De acordo como o gerente operacional, Cláudio Gomes, não é permitido que moradores de  rua pernoitem nas dependências da rodoviária, porém não pode impedir a circulação dessas pessoas durante o dia na rodoviária.

Deixe um comentário