CAMPANHA | Saúde de São Carlos já vacinou 2.324 pessoas contra a gripe

24 mil doses da vacina estão disponíveis para a vacinação pelas unidades de saúde

Dando continuidade a 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe), com coordenação da Secretaria Municipal de Saúde de São Carlos, por meio da Vigilância Epidemiológica (VIGEP), as unidades de saúde do município já estão vacinando desde a última segunda-feira (24) as gestantes, mães puérperas, crianças maiores de 6 meses e menores de 5 anos e os indígenas.

Dados da VIGEP registram que já foram administradas até o momento 2.324 doses de vacina Influenza, sendo 284 doses para pessoas com 60 anos ou mais, entre pacientes que estiveram nas unidades de saúde, ou de instituições e casas de repouso e 2.217 doses em trabalhadores de hospitais (Unimed, Hospital Universitário e Santa Casa).

Cronograma da Campanha

A campanha que teve início no dia 10 de abril e acontecerá em cinco etapas, divididas por grupos de risco, pretende vacinar em São Carlos 65 mil pessoas. Na primeira etapa foram vacinados apenas trabalhadores da saúde que atuam nos hospitais. No dia 17 de abril durante a segunda etapa começaram a ser imunizadas as pessoas com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde em geral de todas as unidades de saúde do município (serviço público e privado), além de profissionais da área como nutricionistas, psicólogos, médicos, entre outros profissionais. Neste momento, durante a terceira etapa da campanha, podem receber a vacina contra a gripe as gestantes, puérperas, crianças e indígenas.

A partir do dia 2 de maio inicia-se a quarta etapa de vacinação para pacientes portadores de doenças crônicas, problemas respiratórios, cardíacos, pacientes renais crônicos e transplantados.

Também serão incluídos para a vacinação contra a gripe, neste ano, na quinta etapa, a partir do dia 8 de maio, os professores das escolas públicas e privadas.

Dia D

Neste ano o dia “D”, Dia de Mobilização Nacional de Vacinação contra Influenza, será realizado no sábado, 13 de maio, quando todas as unidades de saúde do município estarão abertas para vacinação de todos os grupos das 8h às 17h.

Segundo a coordenação da VIGEP a vacina é segura, apenas contraindicada para pessoas com alergia severa a ovo. É importante ressaltar a necessidade de levar a Carteira de Vacinação das crianças. Nela além da idade há o histórico das vacinas que já foram tomadas assim, é possível saber quais vacinas estão em dia e quais ainda precisam ser dadas.

Deixe uma resposta