MILAGRE | Após um mês, fora da UTI, Carol Idres aguarda alta médica e voltar para casa

“A fé move montanhas”, estas palavras foram ditas ao empresário ibateense Carlos Alberto Idres, pelo médico que está cuidando da sua filha, Carol Chinaglia Idres, que sofreu um acidente de moto há exatamente um mês.

Por um milagre de DEUS, após 30 dias, Carol está aguardando alta médica para poder voltar para sua casa, isso tudo, sem nenhum tipo de sequela física.

Para quem não se lembra do caso, Carol bateu fortemente a cabeça e precisou passar por um procedimento cirúrgico urgente, no mesmo dia do acidente.

A partir daí, a família iniciou uma grande corrente de orações pela vida da filha, pois ela teve de ser sedada e ficou em coma induzido. “Aprendi em 30 dias, o que não aprendi em 53 anos…”, disse o pai de Carol, à nossa redação.

A presença de DEUS na vida da jovem foi tão constante que em menos de dois dias, os médicos já haviam retirado o dreno do local da cirurgia. “Voltamos mais aliviados hoje [28 de abril]. O médico falou que ela está mantendo a pressão cerebral, os órgãos todos funcionando normal. Ela está corada, linda como sempre”, disse o pai.

No dia 30 de março, Carlinhos havia contado que os médicos reduziram a sedação e a Carol reagia muito bem. “Foram realizados exames de tomografia e os resultados são extremamente satisfatórios. Ela tem reagido muito bem, tanto que o nível de sedação vem sendo diminuído. Estamos em orações e muito confiantes”, contou.

O momento mais esperado ocorreu no dia 08 de abril. “Gente, a Carol abriu o olho! Minha menina voltou, gente”, comemorou Adriana Chinaglia Idres, mãe da jovem.

E o estado clínico da Carol só evoluiu de lá para cá. “A corrente de orações foi muito importante”, disse Carlinhos. “Em nome da Carol e de toda minha família, só temos que agradecer a cada pessoa que pediu a DEUS pela saúde da nossa filha. Independente da religião, tudo foi muito importante”, agradeceu Carlinhos.

Ele contou que ontem, 25, os médicos retiraram a traqueostomia e nesta quarta-feira, 26, a sonda do nariz – por onde Carol estava sendo alimentada – também foi retirada. “A recuperação dela foi impressionante. Deus existe e está sempre do nosso lado. Você nem imagina o quanto ELE esta perto de você. Quando tudo na sua vida estiver bem, reze pelo seu próximo, ele pode estar precisando muito de suas orações. Como disse o médico da Carol: ‘É pai, a fé move montanhas’. Foi isso que aconteceu na minha vida. Enquanto eu respirar, glorificarei o nome do Senhor Jesus… Amém!”, relatou emocionado o pai de Carol.

Deixe uma resposta