SÃO CARLOS | Consultas de Especialidades já são realizadas no Hospital Universitário

Acordo inédito entre Prefeitura e HU permite que 408 pessoas/mês passem por consulta com médico especialista no Hospital

Com o objetivo de diminuir o tempo de espera por consultas com médicos especialistas nas áreas de cardiologia, endocrinologia, neurologia, hematologia e nefrologia, a Prefeitura de São Carlos e o Hospital Universitário (HU) da UFSCar, por meio de um acordo, disponibilizam desde a última quarta-feira (3), consultas de especialidades para o atendimento referenciado de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) no Ambulatório de Especialidades do Hospital.

Em três dias de atendimento já foram realizadas 70 consultas (14 consultas para cada área de especialidade). O acordo, inédito, entre o município e o HU prevê o atendimento adicional de 408 pacientes/mês. Vale ressaltar que as consultas de especialidades também continuam sendo realizadas normalmente no Centro Municipal de Especialidades (CEME) da Vila Isabel. As consultas do HU foram um pedido do prefeito Airton Garcia para complementar o atendimento das consultas de especialidades do CEME que registra uma média diária de 400 procedimentos entre consultas e exames médicos.

O agendamento das consultas no HU está sendo referenciado pela Rede Municipal de Saúde, o paciente será encaminhado ao hospital por meio das Unidades Básicas e de Saúde da Família (UBS’s e USF’s), não sendo necessário ir ao hospital para marcar a consulta.

O acordo entre a Prefeitura e o Hospital Universitário foi firmado no mês passado e estabeleceu que serão atendidos mensalmente 72 pessoas na área de cardiologia, 48 na de endocrinologia, 72 na de neurologia, 144 na área de nefrologia e 72 em hematologia.

“O Hospital Universitário vai encaminhar as agendas do Ambulatório de Especialidades ao Complexo Regulador (CR) da Secretaria Municipal de Saúde até o dia 15 de cada mês. O CR insere as vagas no sistema e disponibiliza para as unidades de saúde encaminharem os pacientes que necessitam de consulta com médico especialista”, explica Liz Cadamuro diretora do Departamento de Regulação, Controle e Avaliação da Secretaria Municipal de Saúde.

A avaliação e critério de classificação de risco para o encaminhamento dos pacientes será de responsabilidade das unidades de saúde. Se o paciente precisar de um exame complementar de diagnóstico e estiver disponível no HU será realizado no próprio hospital.

Além desses procedimentos, a Secretaria Municipal de Saúde está articulando com a Santa Casa de São Carlos novos procedimentos para que a fila das cirurgias eletivas possa andar. “São dois parceiros que o município tem e que muito podem contribuir para melhorar o sistema de saúde do município”, ressaltou o Secretário Municipal de Saúde, Carlos Eduardo Colenci.

Deixe uma resposta