MAIO AMARELO | Prefeitura e SINCOR/SP realizam pedágio educativo na avenida São Carlos

 

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal Transporte e Trânsito participou nesta sexta-feira (12), na avenida São Carlos, de um pedágio educativo realizado pelo Sindicato dos Corretores de Seguros (SINCOR/SP), para conscientizar a população sobre comportamentos de risco no trânsito. A atividade faz parte do movimento mundial que visa alertar a sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito denominado “Maio Amarelo”.

As ações envolvem órgãos como o Denatran, Detran/SP, ARTESP, Polícia Militar e os municípios conveniados ao Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, programa do governo que tem como objetivo reduzir em 50% o número de mortes no Estado até 2020. “Foca no Trânsito” é o tema da campanha de conscientização no estado de São Paulo. Inspirada em memes das redes sociais, a campanha foi lançada no início do mês na capital e dissemina mensagens de uma simpática foca alertando para comportamentos de risco e incentivando o uso das faixas de pedestre, além de passar a mensagem de que bebida e trânsito não combinam.

Em São Carlos as atividades começaram pela região da baixada do mercado com um pedágio educativo realizado com a participação de corretores de seguro e agentes de trânsito (amarelinhos), além da participação dos membros da ONG Picadeiro do Asfalto que durante a ação passaram mensagens de alerta para motoristas, motociclistas e pedestres.

Segundo o diretor regional do SINCOR/SP, Antonio Carlos Senize, que participou do pedágio, a campanha é um alerta. “Estamos chamando a atenção para o grande número de acidentes que ocorrem no trânsito, 140 por dia em todo o país, 50 mil pessoas morrem por ano vítimas de acidentes no trânsito. Estamos entregando um material que mostra os dez mandamentos do trânsito seguro e, ainda, o papel de cada cidadão para a diminuição desses números”.

Coca Ferraz, secretário de Transporte e Trânsito, também participou da atividade e contou que durante a segunda quinzena de maio várias ações serão realizadas pela sua pasta dentro da campanha do Detran/SP. “Além de continuar com pedágios educativos em outros cruzamentos da cidade, os agentes de trânsito vão ministrar palestras nas escolas públicas, vamos participar de ações comunitárias nos bairros e no dia 30 de maio encerramos com uma palestra minha no auditório do Paço Municipal. Nosso intuito é conscientizar as pessoas de que, com uma mudança de comportamento, podemos reduzir drasticamente o número de mortes no trânsito. Precisamos do engajamento de todos os cidadãos para mudar essa grave realidade”.

O fator humano é a principal causa de acidentes fatais no Estado de São Paulo, segundo o INFOSIGA/SP, sistema do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito que monitora ocorrências nos 645 municípios do Estado. Os dados mostram que 94% das mortes são causadas por comportamentos de risco, como excesso de velocidade, não uso do cinto de segurança, celular e bebida ao volante e travessia em locais proibidos.

No primeiro trimestre deste ano, foi registrada redução de 4,7% nas mortes no trânsito em comparação com mesmo período de 2016 (1.297 fatalidades). Segundo o INFOSIGA, 79,9% das vítimas são homens e 26,1% jovens com idade entre 18 e 29 anos. As colisões são o principal tipo de acidente fatal, responsáveis por 37,8% das mortes, seguidas dos atropelamentos (29,5%). As motocicletas representam 34% do total de veículos envolvidos nas ocorrências com morte; os automóveis correspondem a 21,3%.

Deixe uma resposta