NACIONAL | Na Câmara, Lobbe participa de audiência pública com o ministro da Educação

Lobbe Neto, do PSDB paulista, participou nesta quarta-feira, 17, de audiência pública das comissões de Educação e de Fiscalização Financeira e Controle, que contou com a presença do ministro da Educação, Mendonça Filho.

O parlamentar explica que, na oportunidade, o ministro apresentou as diretrizes e prioridades do MEC para este ano. Mendonça Filho disse que, ao assumir no ano passado, o Ministério da Educação estava em situação difícil. “Encontramos orçamento zero para matrículas no Pronatec [Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego], e as dívidas acumuladas somavam, no dia 13 de maio de 2016, R$ 600 milhões”, disse ele.

Lobbe relata que, segundo o ministro, além da falta de repasses a entidades parceiras do Pronatec, o governo Dilma Rousseff não conseguiu atingir a meta de 2 milhões de matrículas no programa. “Ficou só na promessa mesmo”, afirmou o tucano.

O programa Ciência sem Fronteiras permanecerá com foco apenas na pós-graduação, com 5 mil bolsas em 2017. Segundo o ministro, o governo Dilma acabou com o Ciência sem Fronteiras para alunos da graduação. “O último grande bloco foi em 2014. Essa última edição envolveu R$ 3,7 bilhões para atender 35 mil alunos. O custo foi superior a R$ 105 mil por aluno em um ano”, disse.

Lobbe aprovou o resultado do debate. “Esta foi uma oportunidade para que nós, parlamentares, pudéssemos se posicionar e cobrar, quanto aos diversos assuntos ligados à área educacional, para que o trabalho da nossa Comissão seja o mais profícuo possível em prol da educação no País”, finalizou o parlamentar tucano.

Deixe uma resposta