SÃO CARLOS | Biblioteca Euclides da Cunha terá Barganha Literária

 

A Prefeitura Municipal de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) e do Sistema Integrado de Bibliotecas de São Carlos (SIBI), realizará a 1ª Barganha Literária na Biblioteca Pública Municipal Euclides da Cunha.

A Barganha Literária é uma feira onde todos os leitores levam livros de seu acervo pessoal e trocam por um que está disponível. A troca é efetivada respeitando os gêneros: livro por livro e gibi por gibi.

Segundo as bibliotecárias organizadoras do evento, essa edição do Barganha será diferente. “Vamos realizar a Campanha do Perdão, que é uma ação feita anualmente onde recebemos livros em atraso sem aplicar suspensão, incentivando, assim, o usuário a voltar a usar a biblioteca. Essa será uma ótima oportunidade de recebermos livros que estão em atraso e recompor o acervo da nossa biblioteca. Também aceitaremos doações de livros, principalmente de literaturas e gibis, em bom estado de conservação”, afirmou Fátima Ciapina.

Outra novidade é a disponibilização de livros para universitários. “Recebemos doações de livros universitários e vamos colocá-los a disposição do público. São livros de medicina, engenharia, artes, psicologia, administração e meio ambiente, obras de temas específicos que não compõem o acervo das Bibliotecas Públicas e escolares que integram o SIBI-São Carlos”, afirmou Sônia Pinheiro, bibliotecária.

A Barganha Literária da Biblioteca Euclides da Cunha acontece no sábado, 10 de Junho, das 9h às 14h e domingo, 11 de Junho, das 9h às 12h. A biblioteca fica na rua Antônio de Almeida Leite, 535 (travessa 3 esquina com a Av. Sallum) na Vila Prado.

Sobre a Biblioteca 

Com uma área de 504m², a Biblioteca Euclides da Cunha dispõe de espaços especialmente projetados para abrigar acervos, áreas de leitura individual e estudo em grupo, leitura livre (revistas, jornais diários e gibis) e um espaço lúdico para atender ao público infantil.

Criada em 29 de junho de 2007, por meio do Decreto nº 235, a Biblioteca foi inaugurada e aberta ao público em 30 de abril de 2009. Suas novas instalações foi resultado de um projeto de adequação de um antigo reservatório de água do bairro da Vila Prado.

Deixe uma resposta