SÃO CARLOS | Câmara Municipal realiza primeira edição do Parlamento Jovem São-carlense

A Câmara Municipal realizou nesta sexta-feira (9) a cerimônia de encerramento da primeira edição do “Parlamento Jovem São-Carlense”. Durante esta semana alunos de escolas do ensino médio participaram de atividades no Legislativo que incluíram palestras e a realização de uma sessão plenária com a apresentação e votação de projetos de leis pelos alunos.

O “Parlamento Jovem São-carlense” tem por finalidade possibilitar a alunos de escolas da cidade a vivência do processo democrático no Legislativo municipal, em que estudantes tomam posse e atuam como vereadores jovens. A proposta foi instituída pela Resolução nº. 297, de autoria dos vereadores Paraná Filho (PSB) e Gustavo Pozzi (PR).

Compareceram ao evento além do presidente da Câmara Julio Cesar (Democratas) e dos vereadores autores do projeto, o deputado federal Lobbe Neto; Fernando Carvalho, representando o prefeito Airton Garcia (PSB); e a dirigente regional de Ensino de São Carlos, Débora Blanco.

No primeiro encontro, realizado nesta terça-feira (6), 21 vereadores-estudantes e seus respectivos assessores-estudantes assistiram à palestra “O poder Legislativo e suas atribuições”, ministrada pelo diretor legislativo da Câmara Netto Donato. Nas reuniões seguintes, foi realizada a eleição da mesa diretora do Parlamento Jovem e os projetos de lei anteriormente apresentados pelos alunos foram lidos e aprovados.

Julio Cesar destacou que esta primeira edição do projeto é histórica. “Os jovens não estão aqui por acaso. Eles querem ver a mudança e são exemplo para todos. A presença deles aqui hoje nos orgulha e nos enche de esperança”.

PROJETO VENCEDOR 

No encerramento os estudantes receberam diplomas e foi realizada uma votação para a escolha do melhor projeto de lei. A proposta vencedora foi aquela que prevê a criação no calendário oficial do município da “Semana Municipal de Prevenção, Conscientização e Combate à Depressão e Automutilação”, de autoria conjunta das alunas Esther Albuquerque do Nascimento, da escola Professor Orlando Perez, e Layla Bianca da Silva Miranda, da escola Professor Marivaldo Carlos Degan.

Para Layla, que também foi eleita presidente-estudante, o “Parlamento Jovem São-carlense” mostra o que realmente acontece nos bastidores e todo o processo que existe para uma lei ser aprovada. “Esse entendimento realmente contribui para os jovens criarem uma visão crítica da política. Hoje eles estão voltando a acreditar e querendo participar cada vez mais do processo político”, destacou.

AGRADECIMENTOS 

Os vereadores Gustavo Pozzi e Paraná Filho agradeceram o presidente do Legislativo municipal, a dirigente regional de Ensino e funcionários da Diretoria de Ensino pelo empenho para a realização do projeto. Eles também destacaram a ação do deputado Lobbe Neto, que instituiu o Parlamento Jovem Brasileiro na Câmara Federal.

Em sua fala, o vereador Gustavo Pozzi fez um apelo aos alunos participantes: “não desistam do Brasil. Vocês mostraram nesta semana que se preocupam com a nossa cidade, então façam disso um momento de reflexão. Tenho certeza que se pessoas de bem participarem da nossa política, nós podemos mudar a realidade do nosso país”.

Durante a cerimônia, Paraná Filho destacou que esse projeto é um divisor de águas na vida dos jovens participantes. “Eu acompanhei o Parlamento Jovem Brasileiro em Brasília com o deputado Lobbe Netto e testemunhei diversos alunos que retornaram depois de alguns anos para relatar a importância do programa, pois este abriu suas visões de mundo e os ensinou sobre o dever cidadão”.

Deixe uma resposta