SÃO CARLOS | Desenvolvimento Sustentável, Ciência e Tecnologia lança programa de economia de energia

 

O secretário de Desenvolvimento Sustentável, Ciência e Tecnologia, Profº Drº José Galizia Tundisi, se reuniu na manhã desta sexta-feira (24), no Paço Municipal, com representantes das demais secretarias municipais, do Corpo de Bombeiros e do Rotary para lançar o programa de economia de energia nos prédios públicos municipais.

O programa prevê medidas simples como utilizar melhor a luz do sol, apagar as lâmpadas dos ambientes desocupados, evitar acender lâmpadas durante o dia, manter portas e janelas fechadas quando o ar condicionado estiver ligado, desligar o monitor do computador quando não estiver usando, já que o monitor é responsável por 70% do consumo de energia do equipamento, entre outras medidas.

“O programa tem um papel importante não só na redução do consumo de energia, mas também na emissão de gases do efeito estufa, além do impacto na geração de CO2. É importante lembrar que um quilowatt de energia produzida no Brasil gera muito CO2”, lembrou José Galizia Tundisi.

O secretário ressaltou que pequenas mudanças de atitude podem ser significativas e que os professores também poderão dar algumas dicas aos seus alunos sobre essas atitudes.

A Secretaria de Desenvolvimento Sustentável, Ciência e Tecnologia, por meio da Coordenadoria do Meio Ambiente, também vai fazer um trabalho com 50 famílias voluntárias para que diminuam o consumo de energia com medidas simples.

LED 

Tundisi anunciou a instalação de um conjunto de lâmpadas de LED na praça do Cemitério Nossa Senhora do Carmo. “Já estamos em entendimento com a R20, Regions of Climate Action, uma organização internacional que desenvolve projetos com baixa emissão de carbono, e que vai nos ajudar na instalação de LED. Vamos iniciar com uma demonstração na praça do cemitério. Com isso a população vai conhecer esse tipo de iluminação em espaços públicos”, finalizou o secretário.

R20

A ONG, que tem como fundador o ex-governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, assinou um Memorando de Entendimento, a fim de promover projetos e iniciativas de economia sustentável no Brasil. Criada em 2010, com apoio da ONU, a R20 ajuda Estados, províncias, regiões e governos em todo o mundo a desenvolver e aplicar projetos voltados para a economia sustentável.

Deixe uma resposta