CULTURA | Prêmio Inezita Barroso homenageia música caipira de raiz

A cantora Inezita Barroso, eterna rainha da música caipira, foi homenageada na Assembleia Legislativa. O evento aconteceu nesta sexta-feira (23/6), com a realização da primeira edição do Prêmio Inezita Barroso. Foram homenageados cantores e orquestras de música sertaneja de raiz, em sessão solene realizada no plenário Juscelino Kubitscheck.

Inezita Barroso foi homenageada, in memoriam, por meio da filha, Marta Barroso, que agradeceu à Assembleia Legislativa pela iniciativa. Marta contou que a mãe era uma pessoa muito simples, de hábitos comuns, que gostava de andar descalça e amava os animais. “Ela era bem povão. Curioso é que, em casa, não cantava nem ouvia música. Inezita queria ser lembrada pelo vozeirão e pelas músicas caipiras que cantava e, através do Prêmio, o desejo dela será realizado”, disse.

A neta da cantora, Paula Bandeira Maia, confidenciou que a avó cantava para ela no berço e que era diferente das demais avós da época.  “A homenagem é perfeita, ela lutou por muitos anos para que os valores e a cultura do povo brasileiro não se distorcessem e pela valorização de tudo que é regional no país”.

O deputado Marcos Martins (PT), idealizador do prêmio, comemorou a realização. “A conquista foi muito difícil e o apoio da família da cantora foi importantíssimo. Este prêmio tem uma importância muito grande. Precisamos vencer preconceitos com o caipira e com a música caipira de raiz, que é nossa cultura e verdadeira música brasileira”, disse.

A mesa foi presidida pela deputada e presidente da Comissão de Educação e Cultura, Beth Sahão (PT) e composta pelos deputados Marcos Martins e João Paulo Rillo (PT); Itamar Borges (PMDB);  Welson Gasparini e Fernando Capez (PSDB), Rita Passos (PSD) e também por Marta Barroso e Paula Bandeira Maia, filha e neta de Inezita Barroso, respectivamente.

Deixe uma resposta