SÃO CARLOS | Campanha de Vacinação contra Gripe termina nesta sexta-feira em todas as unidades

 

A Vigilância Epidemiológica de São Carlos (VIGEP) informa que a campanha de vacinação contra a gripe se encerra nesta sexta-feira (07), em todas as unidades de saúde do município.

Até o momento, 53.873 pessoas foram vacinadas contra a gripe em São Carlos. A cobertura vacinal do município está em torno de 70% (imunização dos grupos de risco informado ao Ministério da Saúde).

Entre os chamados grupos prioritários, a maior cobertura foi entre os idosos (60 anos ou mais), contabilizando 23.920 doses aplicadas (79,59%). Entre as crianças já foram aplicadas 6.595 doses, entre os trabalhadores de saúde foram vacinadas 4.840 pessoas. Foram vacinados ainda 13.862 doentes crônicos, 1.343 gestantes, 2.132 professores, 169 pessoas entre a população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, 257 mulheres até 45 dias após o parto – puérperas, 91 indígenas e 664 de outros grupos.

Na rede pública, a vacina contra a influenza é direcionada para os grupos prioritários, mas também estão autorizados a receberem a vacina os policiais militares, federais e civis, bombeiros, funcionários do Poupatempo, funcionários dos Correios e trabalhadores da Defesa Civil e Guarda Municipal.

No Estado de São Paulo já havia sido incluídos também os seguintes grupos: pessoas entre 55 e 59 anos de idade, Ministério Público (Promotor), Procuradoria Geral (Procurador), Defensoria Pública, doadores de sangue e de medula, trabalhadores dos Tribunais de Justiça e Fóruns, profissionais que trabalham com pessoas em situações de rua, cuidadores de idosos e crianças, auxiliar de classe e demais funcionários das escolas do ensino básico e superior, funcionários das creches, trabalhadores da limpeza urbana e coletadores de resíduo.

A VIGEP de São Carlos informa ainda que considerando o quantitativo de vacinas disponíveis, também podem tomar a vacina contra a gripe as pessoas entre 50 e 54 anos de idade, motoristas, cobradores e trabalhadores em transporte rodoviário (deverão apresentar crachá ou holerite) e motoristas de táxi  (deverão apresentar crachá).

A vacina disponibilizada pelo Ministério da Saúde protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela OMS para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). A vacina contra influenza é segura e também é considerada uma das medidas mais eficazes na prevenção de complicações e casos graves de gripe. A imunização é contraindicada para quem tem alergia grave a ovo ou que já apresentaram reação alérgica à vacina anteriormente.

Deixe uma resposta