SÃO CARLOS | Cidadania e Assistência Social emite Nota sobre Casa de Acolhimento

 

A Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, responsável pela Casa de Acolhimento, informa que não está realizando campanha para a arrecadação de alimentos para a casa que acolhe bebês e crianças, em São Carlos. As doações são importantes, mas devem ser feitas com orientação, através da Secretaria.

A Administração entende que a mobilização da sociedade é de extrema importância e inclusive, é prevista no Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), artigo 4. Mas é necessário ser bem direcionada, não faltam alimentos, nem roupa de cama e banho, nem produtos de higiene, já que o local é mantido com recursos da Prefeitura de São Carlos.

A Casa de Acolhimento Cláudia Picchi Porto atende crianças e adolescentes que necessitam de acolhimento provisório e que foram encaminhados pelo Poder Judiciário ou Conselho Tutelar. O acolhimento funciona em dois locais: um que atende bebês e crianças na faixa etária até os 5 anos. E outro que abriga crianças e adolescentes com idade entre 6 e 18 anos. Hoje, 48 crianças estão acolhidas.

Interessados em fazer doações podem procurar a Secretaria de Cidadania e Assistência Social, na rua Conde do Pinhal, 2.228, informações pelo telefone (16) 3371-1122.  

Artigo 4 do ECA – “É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária”.

Deixe uma resposta