IBATÉ | Ao governador, Regina Enfermeira pede inclusão da cidade no roteiro “Mulheres de Peito”

A vereadora Regina Enfermeira (PSDB) esteve na cidade de Rincão nesta quarta-feira, 26, prestigiando a visita do governador Geraldo Alckmin (PSDB) e aproveitou para solicitar a inclusão da cidade de Ibaté no roteiro da carreta-móvel do programa estadual “Mulheres de Peito”, que realiza exames de mamografias e fornece informações sobre como prevenir o câncer de mama.

As unidades móveis de mamografia contam com uma equipe multidisciplinar composta por técnicos em radiologia, profissionais de enfermagem, funcionários administrativos e um médico ultrassonografista.

As carretas possuem 15 metros de comprimento, 4,10 metros de altura e, quando abertas, 4,90 metros de largura. Além do mamógrafo, cada veículo é equipado com aparelho ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antenas de satélite, computadores, mobiliários e sanitários.

Regina relatou que a grande vantagem desse programa é que os exames são realizados sem pedido médico, reduzindo a burocracia e incentivando mulheres a passar pelo procedimento. “O que contribui com o diagnóstico precoce, em casos de alguma anomalia, ou mesmo criar o hábito de fazer os exames”, defende a vereadora.

Ao lado do prefeito José Luiz Parella (PSDB), que também esteve em Rincão, a vereadora peessedebista aproveitou também para solicitar apoio do deputado federal Lobbe Neto (PSDB-SP), no sentido de efetuar gestões junto à Secretaria da Saúde do Estado, para que a cidade de Ibaté seja contemplada com o programa.

Mulheres de Peito

Em Rincão, Alckmin ressaltou que “a iniciativa é um programa para todo o Estado de São Paulo, que pode ser acessado gratuitamente pelo telefone para as mulheres marcarem as mamografias. As pacientes com mais de 50 anos têm a possibilidade de fazer o exame. Se algum problema for diagnosticado, já faz o ultrassom, a biópsia e a mulher segue para tratamento”, explicou.

O programa da Secretaria Estadual da Saúde tem como objetivo ampliar o acesso e incentivar as mulheres a realizarem exames de mamografia pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o Estado. Para isso, cinco carretas-móveis percorrem os municípios paulistas ininterruptamente.

Desde o início do programa, em 2014, até o momento, já foram realizadas mais de 124.434 mamografias, 5.124 ultrassonografias de mama, 573 biópsias de mama e encaminharam 1.625 mulheres para tratamento oncológico em unidades estaduais. As carretas já percorreram 155 localidades em SP.

Deixe uma resposta