IBATÉ | Farmácia da UBS do Jardim Popular terá horário de atendimento ampliado

A farmácia da Unidade Básica de Saúde (UBS) “Nelo Morganti”, no Jardim Popular, terá o horário de atendimento ampliado para servir melhor a população do bairro.

De acordo com o prefeito José Luiz Parella (PSDB), a farmácia passará atender a população das 8h às 12h. “Atualmente essa farmácia atende apenas uma hora por dia, por isso, pensando em melhorar o atendimento à população, resolvemos ampliar esse horário”, afirmou.

A medida começa a partir de segunda-feira, dia 31 de julho. “Após alguns pedidos de moradores daquele bairro, realizamos algumas alterações e a partir de segunda, uma farmacêutica ficará até o meio dia na UBS do Popular”, explicou Parrella.

A unidade cumpre a nova regulamentação do Conselho de Farmácia, o qual indica que para trabalhar em farmácia é necessário um farmacêutico padrão. “Aqui em Ibaté trabalhamos dentro da lei e respeitamos cada servidor em sua área. Se é necessário ter um farmacêutico padrão, a farmácia do Jardim Popular terá o farmacêutico padrão”, afirmou o prefeito. “Mesmo com a crise que assola o país, temos procurado, dentro do próprio quadro de funcionários, melhorar a qualidade de vida das pessoas”, completou.

Os moradores do Jardim Popular que não conseguir retirar os seus medicamentos nesse novo horário, também terão a opção de ir até a Farmácia Central, localizada no Complexo Social, aberta até às 17h. “Caso ainda tenha pessoas que trabalham ou que por algum outro motivo não tenham disponibilidade de ir nesse horário na farmácia da UBS, existe a Farmácia Central no Complexo Social, que fica aberta até às 17h, e atende os moradores de todos os bairros”, lembrou Zé Parrella.

Em breve, mais melhorias para melhorar o atendimento à população serão realizadas. “Sabemos que o ideal era a farmácia funcionar o dia todo, porém, por falta de farmacêutico padrão no quadro, ainda não é possível, mas, assim que as finanças melhorar, abriremos concurso para contratar novos profissionais”, ressaltou o prefeito.

Com essa medida, a Prefeitura mostra que algumas críticas realizadas no setor da Saúde são infundadas. “Esse é mais um exemplo de que a Saúde não está um caos como um vereador pinta na tribuna da Câmara, pois assim que tomamos conhecimento dessa demanda, de imediato, tomamos as atitudes necessárias para que pudesse atender a população”, finalizou Zé Parrella.

Deixe uma resposta