SÃO CARLOS | Comissão de Educação inicia discussões para criação de Centro de Formação Continuada

Nesta quinta-feira (10) os membros da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia (CECCT) receberam o secretário de Educação, Orlando Mengatti Filho, para discutir a necessidade de implementação de um Centro de Formação Continuada, para os funcionários da educação.

Durante a reunião, o secretário e sua equipe técnica, composta por Maria Cecília Cerminaro Derisso, professora responsável pelo Projeto do Centro de Formação Continuada, Cilmara Seneme Ruy, diretora do Departamento Pedagógico e Juliana Batista, chefe de Gabinete, apresentaram as tratativas junto ao Governo do Estado, no intuito de obter parcerias para implementação do projeto.

Maria Cecília expôs sobre a proposta de criação do centro de formação, esclarecendo dúvidas e questionamentos formulados pelos vereadores. Informando ainda que foi obtido junto à UFSCAR, o aparato técnico necessário à implementação de cursos híbridos ou integralmente virtuais. O vereador Gustavo Pozzi (PR), membro da comissão, levantou a hipótese de se oferecer também a formação aos professores da Rede Estadual de Ensino no Município.

Os membros da comissão determinaram pela realização de uma audiência pública, com o intuito de se debater a medida com a população, a ser realizada no dia 23 de agosto. Também fazem parte da CECCT os vereadores Azuaite Martins de França (PPS), presidente da comissão e Francisco de Carvalho, Chico Lôco, (PSB), secretário da comissão.

1 thought on “SÃO CARLOS | Comissão de Educação inicia discussões para criação de Centro de Formação Continuada

  1. Será que isso seria necessário? A USP e a FEDERAL estão entre as melhores universidades do Brasil e possuem expertise em várias áreas do conhecimento e metodologias, tendo professores com doutorado e pôs doutorado, não seriam capazes de prover os conhecimentos continuados de forma a qualificar os respectivos professores? Convênios com as respectivas poderiam ser uma solução quase que imediatamente.

Deixe uma resposta