SÃO CARLOS | UNIMED deverá oferecer planos mais baratos no prédio da Casa de Saúde

Depois de comprar o prédio da Casa de Saúde num leilão na semana passada, a diretoria da UNIMED de São Carlos, concedeu uma entrevista coletiva à imprensa onde revelou os detalhes da nova operação do grupo.

Segundo o presidente da UNIMED de São Carlos, Daniel Canedo, a cooperativa tem o intuito de crescer na cidade. “Queremos oferecer ao usuário uma melhor qualidade no atendimento, isso (a compra) irá proporcionar a possibilidade de se investir em medicina preventiva”, afirmou.

O presidente da UNIMED explicou que o convênio médico não deixará de atender na Santa Casa. “De forma alguma, a parceria com a Santa Casa é antiga, e importante para os dois lados e por isso não temos essa intenção, na semana passada assinamos um novo contrato com o hospital, o importante é crescermos juntos, pois a parceria é fundamental para a cidade”, destacou.

A UNIMED ainda não sabe quanto precisará investir para reativar o prédio que estava parado há um ano. A equipe do convênio só teve acesso ao imóvel nesse final de semana e agora trabalha para definir com números exatos quanto será preciso para que o chamado “Hospital Novo” volte a abrir suas portas. A estimativa é de que daqui um mês se tenha informações sobre isso. “Eu cálculo em torno de R$ 8 milhões para colocar o prédio funcionando em plenitude”, ponderou.
A diretoria da UNIMED avalia que o prédio, mesmo fechado há um ano, estava em condições melhores do que se imaginava, porém ele ainda não tem a “cara” que o novo dono quer dar para o imóvel. A UNIMED quer fazer isso o mais rápido possível.

Questionado se a UNIMED abraçaria a antiga bandeira da Casa de Saúde de planos populares para os usuários, o médico Daniel Canedo revelou que isso será feito. “O plano já está registrado e vamos ter um plano que deverá proporcionar o acesso a essa parcela da população, vamos investir nisso”, ponderou.

Sobre as declarações do prefeito Airton Garcia de que preferia que o grupo São Francisco (rival de UNIMED) tivesse arrematado o imóvel da Casa de Saúde, o diretor da cooperativa falou que tanto a Prefeitura quanto a sua empresa quer a mesma coisa. “Queremos dar uma melhor qualidade de atendimento para a população são-carlense, vamos crescer juntos, no mundo inteiro existem parcerias entre o privado e o público, temos que procurar ativar isso e o intuito da UNIMED e do prefeito Airton é oferecer um atendimento melhor”, ressalta.

A expectativa da UNIMED é gerar neste novo prédio pelo menos 250 novos empregos no setor de saúde. “Podemos chegar, em sua capacidade plena, a gerar até 300 empregos neste hospital”, assegurou.

Daniel explicou que novos serviços serão oferecidos e que a ideia é dotar o local com a estrutura mais moderna possível. “Iremos investir muito na medicina preventiva, o hospital sempre teve uma vocação de atendimento à mulher e então teremos grande parte volta a esse atendimento”, destacou.

A UNIMED acredita que ainda esse ano boa parte do prédio estará funcionando e que em breve a nova aquisição do grupo estará trabalhando em sua capacidade plena.

Por Renato Chimirri/São Carlos em Rede com colaboração de Stella de Oliveira

Deixe uma resposta