POLÍTICA | Projeto da Lei Orçamentária 2018 é entregue à Assembleia Legislativa

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão, encaminhou à Assembleia Legislativa na tarde dessa quinta-feira (28/9), o projeto da Lei Orçamentária 2018. A proposta estabelece a receita e a despesa da administração pública estadual para o próximo ano.

O secretário de Planejamento e Gestão do Estado, Marcos Monteiro, informou que o orçamento será mais alto. Para ele, o esforço com a contenção de despesas resultou em um momento melhor agora. “O orçamento é de 213 bilhões, 6% melhor que o do ano passado. A expectativa é que a recuperação continue e que a execução do orçamento seja mais tranquila que nos anos anteriores”.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Cauê Macris (PSDB), afirmou que a lei orçamentária é uma das mais importantes votadas e aprovadas pelo legislativo. “Estou feliz com as boas notícias trazidas pelo secretário. É bom saber que o Estado de São Paulo está ajudando o Brasil a se recolocar depois do vendaval que foi a crise financeira. Agora vamos discutir e debater profundamente o projeto”, declarou.

Agora, a peça orçamentária seguirá para a Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento e ficará em pauta para recebimento de emendas dos parlamentares. Desde o mês de agosto, a Assembleia Legislativa realiza audiências públicas em regiões de todo o Estado de São Paulo para ouvir demandas da população que podem ser convertidas pelos deputados em emendas ao Orçamento 2018.

O líder do governo, deputado Barros Munhoz (PSDB), destacou a credibilidade que deposita no governador e na sua equipe. “São sérios e preocupados com a austeridade fiscal”, disse. Ele afirmou ainda que o legislativo fará o seu papel de discutir e fazer novas propostas. “Com o ânimo de saber que não enfrentaremos situações absurdas como a do Rio de Janeiro”, disse.

Estiveram presentes os deputados Wellington Moura (PRB), Marco Vinholi (PSDB) e o chefe da Casa Civil, Samuel Moreira.

Deixe uma resposta