POLÍTICA | Governo de SP apresenta modelo de república para idosos

Gestores e Técnicos de Araraquara participaram do encontro que aconteceu nesta terça-feira (10/10), na capital. Teve o objetivo de discutir novas possibilidades para o Programa Vila Dignidade

Na terça-feira, dia 10 de outubro, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDS), realizou o II Encontro Técnico de Alinhamento do Programa Vila Dignidade. Gestores e Técnicos do município de Araraquara participaram da iniciativa que faz parte das ações do mês de conscientização dos direitos da pessoa idosa. O evento ocorreu na EFAP (Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Professores) e teve como objetivo dar visibilidade às experiências municipais, apresentar o modelo de república para idosos no Programa Vila Dignidade, uma ação intersetorial do Programa São Paulo Amigo do Idoso.

A abertura do evento foi realizada pela Coordenadora da Coordenadoria de Ação Social da SEDS, Tatiane Magalhães, contou com participação de gestores e técnicos de 18 municípios, da Secretaria de Desenvolvimento Social de SP, da Secretaria de Habitação, da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e das Diretorias Regionais de Assistência Social (DRADS).

A representante da Gerência de programa para demandas Específicas da CDHU, Maria Claudia Brandão, apresentou o objetivo, as parcerias e legislações do Programa Vila Dignidade. Sonia Martins, da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano destacou a dimensão física e a importância de aprimoramento para a gestão social dos equipamentos.

Os municípios de Caraguatatuba, Tupã e Limeira apresentaram as experiências na gestão das Vilas.

De acordo com a especialista em políticas públicas para idosos da SEDS, Elaine Moura, o encontro entre gestores e técnicos foi fundamental para propor novas alternativas de acolhimento à pessoa idosa no estado de SP. “A república é um modelo inovador pois prioriza a autonomia e a independência dos idosos”, disse.

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo, Floriano Pesaro, promover encontros entre os atores envolvidos contribuem na gestão social do Programa com foco na oferta de moradia e proteção social dos idosos mais vulneráveis.

Além dos participantes das Diretorias Regionais de Assistência e Desenvolvimento Social (DRADS), participaram do evento gestores e técnicos municipais responsáveis pelo Programa Vila Dignidade. Estiveram também as equipes técnicas da CDHU e da Secretaria de Habitação.

Sobre o Programa

O Programa Vila Dignidade, criado em 2009, atende idosos independentes e em situação de vulnerabilidade social. Visa a construção de equipamento público, constituído por moradias gratuitas e adaptadas, em pequenas vilas, projetadas segundo conceitos do Desenho Universal, com áreas de convivência social, garantindo acompanhamento social permanente aos idosos, integrado à rede de serviços do município.

É realizado por meio de uma parceria entre a SEDS, a Secretaria de Habitação, a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo) e os 18 municípios que tem Vila Dignidade: Araraquara, Avaré, Botucatu, Caraguatatuba, Itapeva, Itapetininga, Ituverava, Jaú, Jundiaí, Laranjal Paulista, Limeira, Mogi das Cruzes, Mogi Mirim, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Sorocaba e Tupã.

Deixe uma resposta