POLÍTICA | Massafera apresenta R$ 5 milhões de emendas à região no Orçamento 2018

  

O deputado estadual e líder do PSDB na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, Roberto Massafera, apresentou R$ 4,85 milhões em emendas ao Orçamento do Estado de 2018 que contemplam os municípios da região Central do Estado de São Paulo.

“O governador Geraldo Alckmin tem atendido aos nossos pedidos e feito uma gestão eficiente ao lado das Prefeituras. Apesar da crise, todas as contas estão saneadas. As cidades, por outro lado, têm acumulado serviços e obrigações sociais que requerem a ajuda do Estado”, considerou Massafera.

À medida que forem liberados durante o ano de 2018, esses recursos vão ajudar as Prefeituras a melhorar a qualidade dos serviços públicos e a qualidade de vida dos cidadãos.

As emendas do deputado Massafera, incorporadas ao Orçamento do Estado de 2018, contemplam as áreas de Assistência e Desenvolvimento Social (R$ 600 mil), especialmente reforma e ampliação de entidades sociais.

Também receberam a atenção do deputado Massafera as obras de infraestrutura urbana (R$ 1,845 milhão), recursos que servirão para reforma de prédios públicos e, principalmente, recapeamento de ruas.

Por fim, a maior parte das emendas (R$ 2,445 milhões) vai para Saúde, integralmente para custeio do atendimento público de saúde me hospitais filantrópicos, santas casas e atendimento básico realizado pelas prefeituras da região.

A previsão orçamentária estadual em 2018 é de R$ 216,9 bilhões, um crescimento de quase 5% em relação ao executado em 2017. Para fechar o Orçamento, a Assembleia Legislativa realizou audiências públicas em todo Estado, inclusive na região Central, em Araraquara, cujo encontro foi presidido pelo deputado Roberto Massafera. Nessas reuniões, prefeituras, população e entidades organizadas puderam apresentar sugestões de emendas ao Orçamento.

Ao longo do ano, o Estado assinou inúmeros convênios com municípios que contemplam os pedidos de emendas parlamentares. Em 28 de dezembro, por exemplo, o 15º lote de convênios assinados pelo governo Alckmin liberou R$ 57,5 milhões de recursos para 126 municípios.

Deixe um comentário