IBATÉ | Prestadores de serviço perdem o dia de trabalho por desatenção de motorista

Dois prestadores de serviço, um do ramo de som e luz e outro de transporte, perderam o dia de trabalho e tiveram prejuízos, na manhã desta quinta-feira, 08, na cidade de Ibaté.

O empresário Giliardi Nishiara relatou que contratou um frete para levar seus equipamentos na cidade de São Carlos, onde havia sido contratado, porém, foram surpreendidos ao tentar retirar o caminhão da garagem. Um veículo Hyundai HB20, placas de Ibaté, estava estacionado bem na frente do portão, impedindo a saída do caminhão.

O fato aconteceu na rua Visconde de Pelotas, no bairro Santa Terezinha. Preocupado em atender o cliente no horário, o empresário tentou, por volta das 06 horas, acionar a Polícia Militar, que estava atendendo outra ocorrência. Ele também entrou em contato com a Guarda Municipal que, rapidamente, chegou ao local, porém, nada puderam fazer. “Falei com o comandante Vitor Reis, que nos atendeu prontamente, mas, eles não têm poder para acionar o guincho”, contou Nishiara.

Uma viatura da PM, que realizava a Atividade Delegada, chegou por volta das 09 horas para acionar o guincho e recolher o veículo, porém, o empresário acabou perdendo o serviço. “Tínhamos um horário para cumprir e a contratante acabou tendo que acionar outra prestadora de serviço, pelo fato de não conseguirmos cumprir a hora acordada”, contou o empresário.

Com isso, dois prestadores de serviços, acabaram perdendo o dia de trabalho pela desatenção do proprietário/condutor deste veículo, que estacionou em local impróprio.

O Artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro prevê infração média, com multa e remoção do veículo para casos onde houver guia de calçada (meio-fio) rebaixada destinada à entrada ou saída de veículos”.

Localizado, o proprietário alegou aos policiais que seu veículo estava com problemas mecânicos.

Deixe um comentário