POLÍTICA | Lobbe Neto participa da 3ª edição do Agenda São Carlos realizado pela EPTV

O deputado federal Lobbe Neto participou na manhã desta terça-feira, 03, da 3ª edição do Agenda São Carlos, realizado no Sesc e organizado pelo Grupo EPTV/Globo.

O evento discutiu os rumos da economia e do empreendedorismo social. O seminário anual promove o debate de soluções viáveis para problemas locais e nacionais.

Além de Lobbe Neto, o prefeito anfitrião Airton Garcia e o diretor de Relações Institucionais da EPTV, Paulo Brasileiro, também participaram do Agenda.

A edição deste ano convidou Mara Luquet, uma das referências mais importantes do jornalismo, para falar da economia, as prováveis consequências das eleições presidenciais, perspectivas para os próximos anos e que Brasil surge após a greve dos caminhoneiros autônomos.

Luquet ressaltou que é hora de a população saber que pode tomar as rédeas das próprias finanças. “Olhar para a sua gestão, para a questão das suas finanças vai ser imperativo devido a essas mudanças. Na questão trabalhista, por exemplo, cada vez mais o indivíduo não vai ter nem a proteção do estado, nem a proteção do patrão, ele vai ter que cuidar dele mesmo”, disse.

Lobbe Neto destacou que São Carlos deve investir em seus pontos mais fortes, principalmente, em Ciência e Tecnologia, aproximando as oportunidades e as inovações da comunidade. “Temos que usar bem essas ferramentas para que sejam úteis aos moradores da cidade e da região. Não adianta termos essas ferramentas e somente nas universidades”, disse.

“Vários pesquisadores saem das faculdades e montam suas empresas, seus startups e, com isso, vamos avançando no novo seguimento econômico da cidade. São Carlos iniciou, há muito tempo atrás, com indústrias convencionais, com parte da agricultura. Atualmente, nós temos um perfil diferente, além das indústrias tradicionais, temos as microempresas tecnológicas, empresas de tecnologia de ponta. Então, tudo isso tem que ter um diálogo, uma conversação para chegar aos moradores”, complementou o parlamentar.

Para o deputado, o desafio é dar condição para que a pequena empresa, a microempresa e a empresa que está se iniciando, ou uma startup, possam ter condições. “Tanto de financiamento ou buscar apoiadores para que ela possa gerar, cada vez mais, emprego e renda para São Carlos e toda a nossa região”, finalizou.

[Texto e fotos: Paulo Melo]