SÃO CARLOS | Junta Eleitoral define calendário para eleição de conselho e colegiados

A eleição para a composição do Conselho Municipal de Gestão da Carreira e dos Colegiados de Gestão do Programa de Capacitação dos Servidores Públicos e de Avaliação de Desempenho por Metas e Funcional será no dia 25 de junho.

O calendário eleitoral foi definido pela Junta Eleitoral, órgão responsável pelo processo, composto por representantes das secretarias e SINDSPAM.

O Conselho e os Colegiados são os órgãos que desenvolverão os programas de Capacitação dos Servidores Públicos e de Avaliação de Desempenho por Metas e Funcional. São compostos por servidores públicos, escolhidos via processo eleitoral. “Esses são os órgãos responsáveis por fazer toda a gestão da carreira dos servidores dentro da Prefeitura. São eles que irão definir critérios de avaliação, como os servidores serão promovidos, como se dará a criação de outros empregos, tudo aquilo que diz respeito à vida profissional dos servidores públicos da Prefeitura de São Carlos”, contou Helena Antunes, secretária de Gestão de Pessoas.

As inscrições para os interessados em concorrerem a uma vaga no Conselho ou nos Colegiados acontecerão a partir do dia 23 de abril. “Eles são compostos por servidores públicos e a participação deverá ser bastante ampla. Todos os servidores devem participar do processo eleitoral, é importante a participação de diversos setores da Prefeitura. A diversidade ajudará na coletividade”, informou a secretária.

Confira o calendário:

23 de abril – Lançamento edital e início das inscrições;

14 de maio – Prazo final das inscrições;

21 de maio – Análise das inscrições;

23 de maio – Publicação de deferimento preliminares das inscrições;

24 e 27 de maio – Recebimento de recursos;

30 de maio – Publicação das inscrições deferidas;

25 de junho – Eleição;

Programas 

Os Programas de Capacitação dos Servidores Públicos e de Avaliação de Desempenho por Metas e Funcional estão previsto na Lei Municipal 16.000, de 23 de fevereiro de 2012, com algumas alterações previstas na Lei 18.660, de 20 de junho de 2018. Prevê racionalização da estrutura de empregos e carreiras, reconhecimento e valorização do empregado público e o estímulo ao desenvolvimento profissional e à qualificação funcional.