RELIGIÃO | Igreja Católica propõe política de atendimento às pessoas em situação de rua e risco social

Dom Paulo Cezar Costa, Bispo Diocesano de São Carlos, participará de uma reunião na tarde desta quarta- feira (20) na Prefeitura Municipal de São Carlos acompanhado do Diácono Carlos Pavan, responsável pelo Setor Social da Diocese, juntamente com os membros que compõe o Setor.

O objetivo deste encontro é apresentar a proposta de ampliação do serviço de acolhimento institucional para pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social, em razão da falta de vínculo familiar.

Atualmente a Igreja Católica atende e acolhe inúmeros moradores de rua através do trabalho realizado na cidade pela Comunidade Missionária Divina Misericórdia, juntamente com a Pastoral de Rua em conjunto com alunos da USP e UFSCar, membros do Grupo de Oração Universitário (GOU).

Nos últimos anos houve um crescimento na demanda por acolhimento, no município de São Carlos, em razão da insuficiência de alternativas para atender a diversidade de perfis de pessoas que se encontram em situação de rua.

O Diácono Carlos Pavan destaca as conclusões dos membros do Setor Social na última reunião: “Se antes tínhamos apenas pessoas que permaneciam na rua em razão de conflitos familiares, desemprego e uso do álcool, hoje em dia temos a presença de idosos, mulheres, pessoas com deficiência e egressos do sistema prisional”, ressalta a equipe.