GERAL | CREASP realiza força-tarefa da fiscalização na região 

No dia 26 de fevereiro, o Crea-SP realizou em São Roque, o lançamento de novas ações de fiscalização como parte do seu programa anual de blitze em centenas de municípios do Estado, contando sempre com uma força-tarefa composta de 20 duplas de Agentes Fiscais oriundos de todas as Regiões Administrativas do Conselho.

Neste ano a força-tarefa do Crea-SP está fiscalizando o exercício profissional em diversas áreas de mineração, águas subterrâneas, barragens de contenção e hidrelétricas, indústrias de todos os segmentos (principalmente as vinculadas aos setores de petróleo, alimento, química, farmacêutica, borracha, cerâmica, bebida e agroindústria) e as chamadas “obras de arte da engenharia” (pontes, passarelas, túneis e viadutos) – além de estabelecimentos hospitalares, a exemplo de anos anteriores. 

Este será o terceiro ano consecutivo que a Blitz estará em nossa região. Nos dois anos anteriores (2017 e 2018) São Carlos foi escolhida como base para os agentes, mas neste ano as ações partirão de Araraquara e acontecerão entre os dias 18 e 23 de março.

A respeito do trabalho que as forças-tarefas vêm desenvolvendo, o presidente do Crea-SP, Eng. Vinicius Marchese Marinelli, informa que, “nos últimos dois anos, já vínhamos fiscalizando algumas dessas atividades, como as dos estabelecimentos de saúde públicos e privados e seus equipamentos médico-hospitalares, além de outras que pudessem prejudicar o meio ambiente, em usinas de açúcar e álcool, empresas de extração de minérios, poços artesianos, aterros sanitários, indústrias e empreendimentos da área agronômica, como a produção de sementes e mudas, armazenamento e coleta de embalagens”.

“Também dedicamos – destaca Vinicius – especial atenção aos grandes empreendimentos e obras de grande porte, parques de diversões e outros locais de entretenimento, e ainda as concessionárias de serviços públicos. O que estamos fazendo em 2019 é a continuidade de um planejamento que iniciamos nos primeiros dias da nossa gestão”.

Deixe um comentário