SÃO CARLOS | Conferência de Assistência Social será em 30 de setembro

Conferências livres estão acontecendo em várias locais

 

O Conselho Municipal de Assistência Social e a Secretaria de Cidadania e Assistência Social deram início às conferências livres da 12ª Conferência Municipal da Assistência Social “Assistência Social é direto de todos – conquistas e desafios do Sistema Único de Assistência Social no município de São Carlos”, que será realizada no dia 30 de setembro, das 8h às 15h, no auditório do Paço Municipal.

As primeiras conferências livres aconteceram na FESC São Carlos, no Centro Pop, na ONG Estrela da Manhã e no CRAS Santa Felícia. Nesta sexta-feira (13/9), os encontros serão no Centro Comunitário do Antenor Garcia, a partir das 14h e na Acorde, às 19h30. “Os encontros são realizados em grupos menores, próximo à casa das pessoas, a participação é facilitada, pois elas têm a possibilidade de falar entre seus pares, com pessoas da sua referência e fazer a avaliação da política de atendimentos”, informou Glaziela Solfa Marques, secretaria de Cidadania e Assistência Social.

As conferências livres são encontros com o objetivo de contribuir para o debate sobre as políticas públicas de assistência social e de incentivo à mobilização e a participação de diferentes grupos. Elas podem ser realizadas por grupos de usuários, trabalhadores do SUAS e/ou entidades sociais ligadas à assistência social.

Já a Conferência Municipal de Assistência Social é o momento em que a sociedade, representada pelos usuários, trabalhadores e entidades de assistência social, se reúne para discutir, avaliar e propor mudanças para melhorar a Política de Assistência Social no município.

“A Conferência reafirma o direito das populações mais vulneráveis na política de assistência social. É um momento para conhecer seus direitos e os serviços. Além da realização da avaliação da política de assistência no município e do apontamento dos desafios que precisam ser buscados”, contou Glaziela Solfa Marques.

Assistência Social – É um direito do cidadão e dever do Estado, instituído pela Constituição Federal de 1988. A assistência social deve atender a todas as pessoas que dela necessitar, a partir de seu território de vivência, com prioridade às situações de fragilidades, vulnerabilidades e violações de direitos.

Em 2005, com a implantação do Sistema Único de Assistência Social, o SUAS, a assistência social passou por profundas mudanças. Esse novo sistema reorganizou, em todo o território nacional, os serviços, programas e benefícios, dividindo as ações em Proteção Social Básica e Proteção Social Especial.

Equipamentos de Proteção Social Básica – CRAS (Centros de Referência de Assistência Social), Centros Comunitários, Centro de Referência do Idoso e entidades sócio-assistenciais.

Equipamentos de Proteção Social Especial – CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), Centro POP, Liberdade Assistida e Prestação de Serviço à Comunidade, Instituições de Acolhimento de crianças e adolescentes, mulheres e idosos, Casa de Passagem e entidades sócio-assistenciais.

Outras informações podem ser obtidas na Secretaria Municipal de Assistência Social, localizada na rua Conde do Pinhal, nº 2.888, no Centro, pelo e-mail [email protected] ou pelos telefones (16) 3371-2290, 3371-1122 ou 3374-4442.

Confira a programação:

  • 13/09 – 14h – Centro Comunitário Antenor Garcia – Rua Sete, 1.562 – Antenor Garcia;
  • 13/09 – 19h30 – ACORDE – Rua Victório Bonucci, 1.385;
  • 17/09 – 8h30 – CRAS São Carlos VIII – Rua Luiz Luchesi, Praça do CEUs, São Carlos VIII;
  • 17/09 – 14h – CRAS Santa Eudóxia – Rua Vergílio Vedovelli, s/nº – Santa Eudóxia;
  • 19/09 – 9h – CRAS Pacaembu – Rua Paraná, 720, Jardim Pacaembu;
  • 19/09 – 10h – CRAS Jockey Clube – Rua Rio Paraguai, 295 – Jockey Clube;
  • 19/09 – 14h – Salesianos São Carlos – Rua Padre Teixeira, 3.649 – Vila Nery.