POLÍCIA | BAEP e GAECO realizam operação com cão farejador no CDHU

O 11° BAEP [Batalhão de Ações Especiais de Polícia Militar] e GAECO [ Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado] no município de São Carlos, cumpriram diversos mandados de busca em apartamentos localizados no Conjunto Habitacional Waldomiro Lobbe Sobrinho (CDHU).

Segundo informações, em varredura com o cão farejador Bono em uma das moradias de área comum, os policiais foram informados anonimamente de que em um apartamento haveriam indivíduos na prática do crime de tráfico de drogas.

Ao chegar no local denunciado, os policiais do BAEP se depararam com a porta aberta. Um morador recebeu os policiais e foi informado sobre a denúncia de tráfico de drogas. Além dele, mais dois indivíduos estavam no imóvel, sendo um menor de idade, e uma mulher.

Durante busca pessoal, foi localizado no bolso de um dos indivíduos, uma porção de maconha. O cão farejador localizou em um dos quartos, a quantia de 17 porções de maconha e 05 porções de crack. Na estante da sala, haviam mais 05 porções de cocaína e R$ 892 em dinheiro.

Indagados os indivíduos assumiram a traficância da droga, alegando que o dinheiro arrecadado era pra subsistência dos mesmos. Eles relataram que cada porção era vendida por R$ 10. No balcão da cozinha havia mais R$12 em moedas. Dois celulares que, segundo os suspeitos, continham mensagens relativas à venda de drogas também foram apreendidos.

Ainda durante varredura nas proximidades, o cão farejador localizou mais 21 porções de maconha e R$ 30 em dinheiro.

Ocorrência foi apresentada na DISE, onde o delegado plantonista, Miguel Capobianco, tomou ciência dos fatos e ratificou a prisão dos indivíduos maiores, liberando o menor e a mulher, que será averiguada posteriormente.

Mais drogas

Ainda durante a operação no CDHU, os policiais flagraram um menos na prática de Ato Infracional análogo a Tráfico de Drogas, sendo apreendido objetos ilícitos relacionados. A ocorrência também foi apresentada à DISE, onde foram adotados os procedimentos de Polícia Judiciária cabíveis relativos ao flagrante de ato Infracional sendo o menor liberado para sua genitora.