GERAL | Em parceria com a USP, indústria de São Carlos fabrica descontaminador de ar

Diretor do Ciesp São Carlos ressalta a importância dos produtos de fabricação nacional

Mais uma indústria de São Carlos se aliou aos pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo) para unir ciência e tecnologia. O resultado, desta vez, é a fabricação de um equipamento para descontaminação do ar, desenvolvido em parceria com o Centro de Pesquisas em Óptica e Fotônica (CePOF) do Instituto de Física da USP São Carlos.

Batizado de Oxy Clean, o equipamento já foi adquirido pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), para instalação na sala de reuniões da presidência e nos vestiários dos clubes, a fim de apoiar a realização dos jogos do Campeonato Brasileiro. A Guarda Municipal de São Carlos também recebeu protótipos do equipamento para ajudar na descontaminação da sala 24 horas.

A indústria de São Carlos já fabricava um descontaminador de superfície portátil, que chegou a ficar esgotado na pandemia. Então, a Diretoria da empresa decidiu buscar algo que descontaminasse o ar dos ambientes e renovou a parceria com a universidade. 

“Como nossa indústria é focada em tecnologia para a área da saúde, sempre trabalhamos em parceria com o professor Vanderlei Bagnato, de modo que todos os nossos produtos sejam validados pela USP”, explica Luiz Antônio de Oliveira, diretor da empresa. 

Segundo ele, os produtos só são liberados após a realização de todos os testes clínicos e com a avaliação da USP com relação à descontaminação. “Isso porque precisamos garantir a qualidade dos nossos equipamentos, aliás, esta é uma preocupação da empresa desde que nasceu”, ressalta. 

Como funciona

O Oxy Clean é equipado com três lâmpadas que emitem luz UV-C, responsável por destruir a capa proteica e o material genético dos vírus, aniquilando-os. 

Na prática, o ar contaminado é sugado pela parte inferior do Oxy Clean e passa pela câmara de radiação UV-C, onde tem contato com as lâmpadas; nesse momento, os micro-organismos têm seu DNA e RNA destruídos. 

Então, o ar é liberado pela parte superior, já descontaminado. Esse processo é cíclico, fazendo com que todo o volume de ar do ambiente circule através do equipamento. 

“O sistema é extremante fácil e muito simples porque trata o ar sem adição de produtos químicos, podendo ser utilizado para descontaminar qualquer ambiente fechado, como academias, hotéis, hospitais e até as indústrias”, afirma Luiz Oliveira. 

Fabricação nacional

O diretor do Ciesp São Carlos, Emerson Chu, ressalta a importância da aquisição de produtos de fabricação nacional. “Quando adquirimos os produtos fabricados em nosso país, estamos não só incentivando a nossa indústria, como também colaborando para que a engrenagem indústria, comércio e serviço se mantenha em movimento. E ainda, para além dos benefícios que o produto oferece, é uma maneira de colaborar indiretamente com a geração de empregos”, destaca.

O Ciesp São Carlos

O Ciesp São Carlos reúne indústrias e parceiros ligados ao setor produtivo, dá suporte aos empresários e os representa junto à sociedade e aos governos municipal, estadual e federal. 

A Regional compreende também Ibaté, Ribeirão Bonito, Dourado, Trabiju, Boa Esperança do Sul, Descalvado, Analândia, Porto Ferreira, Pirassununga, Santa Cruz da Conceição e Santa Rita do Passa Quatro, além de São Carlos.