SÃO CARLOS | Edson Ferraz tem a casa invadida por assaltantes na Vila Costa do Sol; veja o vídeo

Um crime de tentativa de roubo seguido de disparos de arma de fogo foi registrado por volta das 06h30 da manhã desta sexta-feira (18), contra a residência do ex-secretário municipal de esportes e candidato a vice-prefeito de São Carlos (SP), Edson Ferraz, no bairro Vila Costa do Sol.

Segundo apurado pela reportagem do Jornal Primeira Página, que conversou com a esposa do candidato, no início da manhã a mulher ouviu o seu cão latir de forma anormal, nos fundos da residência da família, situada na Rua Eugênio de Andrade Egas, onde ao sair no quintal e se deslocar até o local que estaria o animal, acabou sendo rendida por um marginal, que em posse de arma de fogo obrigou que a mulher se mantivesse calada, e na sequência outros dois indivíduos também vieram dos fundos do imóvel.

Ao se deparar com a esposa rendida pelos criminosos, o ex-secretário tentou intervir na situação, e durante luta corporal, dois disparos de arma de fogo foram realizados pelos indivíduos, que também agrediram Edson Ferraz com coronhadas no rosto, ocasionando ferimentos contra a vítima antes da evasão. Do imóvel nada foi subtraído, segundo as versões apresentadas.

A Polícia Militar e a Guarda Municipal de São Carlos (SP) compareceram no imóvel após o delito, onde durante os levantamentos realizados, apuraram junto a testemunhas que os acusados se evadiram do local ocupando um automóvel GM Kadett, Verde, flagrado também por imagens de câmeras de segurança que devem auxiliar as investigações sobre o crime.

A Polícia Técnico-Científica compareceu ao imóvel e realizou os procedimentos de perícia técnica.

O ex-secretário de esportes, Edson Ferraz, devido às lesões sofridas foi encaminhado até o Hospital 24 horas da Unimed, onde foi submetido a atendimento médico.

A Polícia Militar registrou o caso em Boletim de Ocorrência junto aos 1º e 4º Distritos Policiais na Vila Elizabeth, onde as vítimas foram encaminhadas até a DIG (Delegacia de Investigações Gerais), que diante das versões apresentadas sobre o crime, complementou os dados e deverá seguir nas apurações do delito.

Fonte: Jornal PP