ARARAQUARA | Jovem atleta da Fundesport sonha em disputar Olimpíada

Somando várias conquistas em sete anos de carreira, Alex Oliveira Andrade explica trajetória a partir do Jardim Cruzeiro do Sul

 

O atleta da Fundesport de salto em distância, Alex Oliveira Andrade, de 22 anos, que em pouco tempo de carreira já coleciona diversos títulos, agora treina para disputar o Campeonato Brasileiro Sub-23 e por uma vaga no Campeonato Sul-Americano, ambos previstos para este ano. Ao mesmo tempo, o jovem ainda sonha em disputar uma Olimpíada.

Nascido em Pintados (BA), em 1999, e vindo para Araraquara com três anos de idade, Alex diz que sua carreira teve início em 2014, depois que seu potencial foi descoberto na escola Professor Waldemar Saffiotti do Jardim Cruzeiro do Sul, próxima do Jardim Diamante, onde reside.

Medalha de prata no Campeonato Estadual de Atletismo, disputado por atletas de alto rendimento de todo o País, agora em junho, na capital paulista, Alex Andrade compôs a equipe da Fundesport que trouxe dez medalhas para Araraquara.

Só para lembrar: nessa competição, além da prata, a equipe araraquarense também conquistou três medalhas de ouro e seis de bronze em outras modalidades e o 3º lugar na classificação geral.

Nas provas de salto em distância, ainda nesta temporada de 2021, Alex sagrou-se vice-campeão estadual Adulto, em São Paulo, com a marca de 7 metros e 40 centímetros (7,40). Atualmente, com a marca de 7 m e 63 cm (7,63), é o 3° colocado no ranking brasileiro Sub-23 e o 9° no ranking brasileiro Adulto.

Vale destacar que no ano passado, o atleta da Fundesport conquistou outros três títulos: foi campeão no Estadual Adulto em Bragança Paulista, campeão do Troféu Bandeirantes em Campinas, e vice-campeão brasileiro Sub-23, também em Bragança Paulista.

Em 2019, em Franca, e em 2018, em Matão, foi campeão dos Jogos Regionais. Também em 2018 e em 2017 foi por duas vezes vice-campeão do Campeonato Estadual Sub-20, ambos disputados em São Bernardo do Campo. Em 2016, obteve o 3º lugar nos Jogos Escolares (Estadual) de Americana.

Além da participação já garantida no Campeonato Brasileiro Sub-23, que será disputado agora em setembro, em Bragança Paulista, Alex ainda briga por uma vaga no Sul Americano, também Sub-23, previsto para outubro, na Guiana. Ele treina para melhorar a sua marca, já que somente o 1º e o 2º colocados no ranking podem participar.

TRAJETÓRIA

Alex conta que o primeiro contato com o atletismo ocorreu quando cursou o ensino fundamental na EMEF Prof. Waldemar Saffiotti, no Jardim Cruzeiro do Sul. Incentivado por professores de educação física, disputou e foi destaque na época no Jocoara, tradicionais jogos escolares de Araraquara, disputados no EEBA (Escola Estadual Bento de Abreu).

“São sete anos de muito trabalho e luta, já que a modalidade salto em distância exige muito do corpo e da mente. A vida de um atleta é um pouco restrita, mas eu não vejo isso como um problema”, explica Alex. Ele acrescenta que sua vida foi transformada através do esporte.

“Sempre serei grato por tudo o que o esporte me proporcionou. Vejo que tudo o que fiz desde o começo foi recompensado e hoje tenho orgulho de ser um atleta profissional de alto rendimento e estar entre os melhores do Brasil”, comemora.

Alex elege seu técnico Josimar Alípio da Silva como o principal incentivador de sua carreira, inclusive para cursar atualmente a Faculdade de Educação Física, na Unip (Universidade Paulista).

Seu grande sonho é participar de uma Olimpíada. “Para representar a família, Araraquara e o Brasil e encher de orgulho as pessoas que me ajudaram nessa trajetória”.

EXEMPLO

Para Josimar Alípio da Silva, também técnico da Fundesport, o Alex é um atleta raro, muito esforçado e disciplinado, que viu no esporte uma oportunidade de transformação de vida. “Por isso hoje já é uma referência para os mais jovens”, enfatiza o treinador.

“O Josimar transformou a minha vida, acreditou no meu potencial desde o começo e por isso sou muito grato a ele”, resume Alex Andrade.