SÃO CARLOS | Servidores da Saúde vão trabalhar em escala de revezamento nos pontos facultativos dos dias 1º e 5 de novembro

Após reunião realizada na tarde desta segunda-feira (25/10), no Paço Municipal, com a participação do prefeito Airton Garcia, dos secretários de Saúde, Marcos Palermo, de Gestão de Pessoas, Helena Antunes e de Planejamento, Luís Antonio Panone, da vereadora Cidinha do Oncológico e de representantes do Sindicato dos Servidores Públicos e Autárquicos Municipais de São Carlos (SINDSPAM), Adail Alves de Toledo e Lucinei Custódio, respectivamente presidente e vice-presidente, além do chefe de gabinete da Prefeitura, José Pires (Carneirinho), ficou decidido que a da Portaria 504 de 22 de outubro de 2021, será revogada, porém a Secretaria de Saúde deve fazer um revezamento de equipes e as unidades básicas de saúde (UBS’s) e unidades de saúde da família (USF’s) devem atender aos usuários SUS na segunda-feira (1º/11) e na sexta-feira (5/11).

Em função dos feriados de 2 de novembro (Finados) e 4 de novembro (aniversário de 164 anos de São Carlos) e do ponto facultativo do dia 3 de novembro (alusivo ao Dia do Servidor comemorado em 28 de outubro e transferido para essa data) a Prefeitura também decretou pontos facultativos nos dias 1º de novembro (segunda-feira) e 5 de novembro (sexta-feira), retornando o funcionamento de todos os serviços públicos municipais na segunda-feira (8/11). Os serviços essenciais, como segurança do patrimônio público e velório sempre são mantidos.

“Entendemos que os profissionais da saúde estão cansados, mas por outro lado não podemos deixar todas as unidades fechadas por uma semana. Se é possível a escala de revezamento vamos optar por esse sistema”, disse o prefeito Airton Garcia atendendo ao pedido do SINDSPAM.

Marcos Palermo, secretário de Saúde, garantiu que a preocupação inicial foi a assistência a população neste momento pandêmico e a interrupção dos serviços por um período extenso. “Desta forma uma turma vai atender na segunda e outra na sexta, porém essas horas serão compensadas. Nos feriados as unidades da atenção básica permanecerão fechadas”, explica Palermo.

Para a vereadora Cidinha do Oncológico, membro da Comissão de Saúde do Legislativo, o atendimento, mesmo em escala de revezamento, nas unidades da atenção básica, não sobrecarregará as unidades de urgência e emergência. “Dessa maneira os atendimentos nas três UPAS também não ficam prejudicados”, avaliou Cidinha.

O vice-presidente do SINDSPAM, Lucinei Custódio, entende que a saúde não pode parar, porém com a escala os servidores poderão ter mais um dia de folga. “Quem trabalhar na segunda folga na quinta e vice-versa. Desta forma, todos podem descansar um pouco mais, uma vez que a pandemia não acabou e nesse setor a demanda é grande. Agradecemos o prefeito por entender a reivindicação dos servidores”.

As Unidades de Pronto Atendimento da Vila Prado, Cidade Aracy e do Santa Felícia atenderão normalmente com plantão 24 horas em todos os dias. Em casos emergenciais, a população também deve acionar diretamente o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), pelo número 192.