REGIÃO: Investigações do caso da ultramaratonista Camila Matte apontam para suicídio

Polícia Civil espera concluir inquérito nos próximos dias e tudo indica que causa da morte não tenha sido criminosa

 

O delegado João Pinheiro Neto da Polícia Civil de Leme, considera improvável que a morte da professora e ultramaratonista Camila Maria Matte, 44, tenha sido criminosa. O corpo da atleta foi encontrado, com ferimentos causados por fogo. Ela estava desaparecida desde o último dia 14 quando saiu de casa dizendo que iria almoçar com os pais em São Carlos.

O delegado João Pinheiro Neto, durante coletiva à imprensa concedida na manhã de sexta-feira (19), em Leme disse que aguarda laudos do Instituto Médico Legal (IML) de Limeira, para conclusão do Inquérito Policial.

VEÍCULO

Segundo ele as informações relevantes que foram investigadas pela Polícia Civil de Leme, apontam para suicídio, mas, nenhuma hipótese está totalmente descartada. O delegado ainda frisou que imagens de segurança mostram a atleta comprando dois frascos de álcool em um estabelecimento comercial e depois foi flagrada sozinha em seu Gol, cinza, com placas de São Carlos na SP 330 – rodovia Anhanguera, próximo ao canavial onde o corpo foi encontrado. Ele também explicou que no horário e local do ocorrido, não teria sido captado nenhum sinal de celular.

QUEBRA DE SIGÍLO

Os laudos preliminares do IML não apresentam ferimentos ou lesões em seu crânio e demais partes do corpo, sendo ou não provocadas por armas.

Foi representado e autorizado pela Justiça Criminal a quebra do sigilo bancário e telefônico de Camila e o delegado informou que há pessoas para serem ouvidas antes do encerramento do caso, inclusive familiares de Camila que residem em São Carlos, onde o corpo da professora e ultramaratonista, foi sepultado na semana passada.

Centro de Valorização da Vida

Se você está pensando em suicídio, procure ajuda.

O CVV (Centro de Valorização da Vida) e os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade são opções disponíveis para você.

O CVV funciona 24 horas por dia, inclusive aos feriados, pelo telefone 188. Você também pode entrar em contato por e-mail, chat ou pessoalmente. Existem mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil. Você não está sozinho.

São Carlos Agora