IBATÉ | Preso suspeito de assassinar jovem com quase 20 facadas atrás da EE Fúlvio Morganti

Graças ao trabalho de investigações da equipe do delegado de Polícia Civil de Ibaté, Dr. Wilton Gonçalves Garcia, com o apoio da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de São Carlos, um rapaz de 28 anos, suspeito de ter participado do assassinato de Alberto Junio Pereira Borri, também de 28 anos, foi preso.

Após o exame do IML, foi constatado que Alberto levou quase vinte facadas pelo corpo. Ele foi localizado caído, ao lado de um veículo Fiat/Marea, que estava encavalado em uma guia asfáltica, no prolongamento da Rua 15 de novembro, atrás da Escola Estadual Fúlvio Morganti, na noite do dia 07 de dezembro passado.

Foto: Jpeg

Em conversa por telefone, o investigador Adegas Martinelli contou que o caso segue em investigação e pode ser que tenha mais envolvidos. “Seguimos trabalhando e coletando as informações e, tão logo, as investigações sejam finalizadas, estaremos passando as informações pertinentes”, contou.

O jovem de 28 anos, que foi recolhido ao Centro de Triagem da Cadeia Pública de São Carlos, é primo da vítima. Ele teria se apresentado pessoalmente e confessado o crime na Delegacia de Polícia de Ibaté.

O suspeito sofre de esquizofrenia e enquanto familiares levavam roupas e remédios, o Corpo de Bombeiros chegou para socorrê-lo, pois ele teve uma crise convulsiva na cela.

As investigações seguem o curso na Delegacia de Polícia Civil de Ibaté, em conjunto com a DIG de São Carlos.

Deixe uma resposta