SÃO CARLOS | Robertinho Mori aponta poluição sonora e pede averiguação no Jardim Embaré

O vereador Roberto Mori Roda (PSDB) protocolou na Câmara Municipal uma indicação à Prefeitura para que seja realizada uma averiguação na documentação de imóvel utilizado para festas que tem gerado poluição sonora no Jardim Embaré.

O documento aponta relatos de vizinhos que moveram representação junto ao Fórum Criminal e Ministério Público (processos 1565/15 e 3109/16), que resultou em acordo de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) no qual o dono do imóvel se compromete a não realizar ou comercializar festas, eventos e similares na área de lazer situada à Rua Fortunato Dovigo, 215, no Jardim Embaré.

Robertinho afirma ter sido informado pelos próprios moradores que o TAC não vem sendo cumprido e que têm sofrido com a poluição sonora gerada pelos eventos ali realizados constantemente.

“Além das leis federal e estadual existentes sobre o assunto, São Carlos possui lei municipal, de minha autoria, Lei N°. 13.768/06, que resguarda a população quanto às praticas indevidas que gerem poluição sonora e que, segundo consta, o proprietário não possui qualquer tipo de alvará que o libere para a prática de comercialização ou realização de eventos no local”, afirma o vereador.

Na indicação, ele sugere que o prefeito Airton Garcia (PSB) determine  ao setor competente a realização de uma vistoria no local, “bem como verifique a existência de documentação necessária para tais práticas, a fim de sanar com o problema com a máxima brevidade”.

Deixe uma resposta