UTILIDADE | Procon São Carlos orienta na compra de material escolar

O Procon São Carlos está orientando os consumidores na compra do material escolar. Segundo o órgão, é preciso atenção, pois algumas práticas são irregulares. “A escola só pode pedir os materiais utilizados nas atividades pedagógicas diárias do aluno, como por exemplo, folha de sulfite, papel dobradura, tinta guache, lápis, caneta, borracha, entre outras. Não pode conter na lista materiais de uso comum como produtos de higiene, limpeza, atividade de laboratório. A prática é abusiva”, informou a diretora do Departamento de Defesa do Consumidor, Juliana Pereira Cortes.

A lista de material escolar deverá ser disponibilizada para que o consumidor tenha a liberdade de pesquisar preços e marcas dos materiais solicitados. Na hora da compra, os pais devem ficar atentos ao selo do Inmetro, prazo de validade dos produtos, se o mesmo tem telefone de contato do fabricante, a grafia tem que ser em português. Qualquer duvida ou problema, o consumidor deve procurar o Procon.

Atualmente, o maior problema da Instituição é o número reduzido de funcionários. Assim, o atendimento presencial é feito por ordem de chegada e distribuição de senhas das 8h45 às 14h, de segunda a quinta-feira. “O trabalho dos funcionários não é apenas no atendimento. Há vários procedimentos internos. Mas todos os consumidores que pegarem senha serão atendidos no mesmo dia. Já solicitei a administração novos servidores. Nossa meta é ampliar nosso horário. Mas, hoje, é preciso paciência”, afirmou a diretora.

O horário de maior movimento é entre 12h e 13h, mas também é o período de maior espera por causa do almoço de um dos servidores. Não é possível estimar um tempo de espera, pois cada caso demanda uma assistência. “Às vezes, há demora no atendimento. Algumas situações são resolvidas em alguns minutos, outra, precisam de um pouco mais de atenção”, disse Juliana.

Outro problema é a falta de informações de procedimentos anteriores. Todo o conteúdo do computador da direção foi excluído. Não há dados arquivados. “Não tenho nenhuma informação passada oficialmente sobre o funcionamento do Procon São Carlos. Não sei quais requerimentos ainda estão em andamento. A Fundação PROCON São Paulo está me auxiliando” contou a diretora.

Para melhorar a estrutura do órgão, um processo licitatório foi aberto para a compra de um novo carro, já que o atual está em péssimas condições de uso. A nova administração também estuda a possibilidade de adquirir um prédio próprio, o que trará uma economia considerável para a Prefeitura do município. Tudo isso usando recursos próprios. 

Também deve ser realizada nos próximos meses uma atualização. “Estamos conversando com a Fundação PROCON para ministrar em São Carlos o Curso Básico de Atendimento, com a participação dos Procons da nossa Região”.

Para ampliar a rede de comunicação, o Procon São Carlos está com uma nova página no facebook. O canal amplia a visibilidade de informações sobre defesa do consumidor, direitos e deveres nas relações de consumo. Na página, é possível tirar dúvidas, acompanhar ações de fiscalizações, recall, produtos e serviços. Também é possível fazer denúncias.

Além do facebook, o consumidor pode entrar em contato com o órgão via e-mail [email protected]ãocarlos.sp.gov.br, ou pessoalmente, na rua Sete de Setembro, 2.411, Centro.

1 thought on “UTILIDADE | Procon São Carlos orienta na compra de material escolar

  1. Que estranho, até o final do a o estava tudo OK, agora falta funcionário, problema com carro, atendimento péssimo, trabalhando meio período.

    Sempre existe uma desculpa para uma admnistração ruim que mal comecou e falta de experiência.

Deixe uma resposta