POLÍTICA | Prefeitura responde Robertinho Mori sobre descarte de Óleo Vegetal

Em resposta ao Requerimento do vereador Robertinho Mori acerca da Lei que instituiu o Programa de recolhimento e destinação do Óleo Vegetal ou Gordura (Lei Mun. 14.171/07), a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Ciência e Tecnologia, através da Coordenadoria de Meio Ambiente (CMA), bem como a Secretaria Municipal de Serviços Públicos, através do Departamento de Serviços Urbanos (DSU), informaram que o Programa de Coleta Seletiva de Óleo está sendo realizado por coletores individuais, por pequenas empresas e pela Cooperativa de Coleta Seletiva.

Não há nenhum envolvimento institucional da Prefeitura neste procedimento.

Entretanto, em conjunto com muitas ações que deverão ser iniciadas no decorrer deste ano pela SMDSCT e CMA, a questão da coleta e reciclagem de óleo será estimulada e colocada como prioridade para educação ambiental e para proteção do meio ambiente. Já o DSU junto à cooperativa Coopervida, disseram que a coleta de óleo usado é feita quando solicitado, tanto em residências junto com a coleta de rua, como em alguns restaurantes, neste caso levam bombas de 50 litros para trocarem, deixando um limpo no lugar.

O material coletado é separado na hora da triagem e vendido a uma empresa que produz Biodiesel. Informaram ainda que foram recolhidos 358 litros no mês de fevereiro deste ano. “O que para uma cidade do tamanho de São Carlos nos parece um número bastante irrisório”, completa o vereador.

Deixe uma resposta