COLETIVA | Zé Parrella fala dos 100 dias de governo e revela que vai se afastar por 30 dias

O prefeito de Ibaté, José Luiz Parella (PSDB), o Zé Parrella, concedeu na tarde desta segunda-feira, 10, uma entrevista coletiva sobre os 100 Dias do seu terceiro mandato à frente da Prefeitura Municipal.

“É com muita tristeza que comunico que estou solicitando junto a Câmara Municipal, pedido de licença para tratamento de saúde de 30 dias”, revelou Parrella durante o seu pronunciamento.

O prefeito contou que há uns 30 dias atrás, passou por um procedimento cirúrgico para colocação de prótese na cabeça do fêmur. “A recuperação é bastante dolorosa, assim, necessito deste período para uma total recuperação”, completou.

Parrella relatou também que além da cirurgia, precisa de tempo para refletir e ter uma recuperação psicológica. “Ainda não consegui entender como colocar um funcionário para trabalhar, realizar a substituição por led da iluminação pública da cidade, bem como, falar do desejo de construir, com meu salário, uma clínica para dependentes químicos, pode levar um cidadão honrado a ter seu diploma cassado e ficar inelegível”, afirmou.

“Sempre mantive como prioridade de vida a honestidade e também na vida pública, o bem da população, tanto que me elegi em 2004, fui reeleito em 2008 e, novamente, fui eleito em 2016 com 75% dos votos, sem realizar campanha, por conta do meu problema de saúde no fêmur”, lembrou.

Ele relatou que causa revolta por tudo que já fez e tudo que vem fazendo, acharem que não foi a soberania popular, através do voto que o elegeu em seu terceiro mandato. “Não olharam meu passado, nem mesmo dos meus acusadores, ao contrário, deram ouvidos a um funcionário que sequer permanece em algum lugar por mais de dois anos”, disse.

Parrella contou que deram ouvidos para uma minoria que sempre exploraram o povo em beneficio próprio. “Por isso, sempre quiseram o poder a qualquer custo, sem respeitar o desejo do povo, ou seja, tentam novamente no tapetão impedir que a vontade de 8 pessoas em cada 10, prevaleça”, contou.

Parrella também relatou que enquanto muitos municípios reclamam da situação socioeconômica difícil do país, a cidade de Ibaté pode se orgulhar dos 100 primeiros dias de governo. “Enquanto outros municípios retrocedem, nós estamos em pleno crescimento, mostrando, mais uma vez, o que é administrar com seriedade, o dinheiro público. Posso citar todos os setores que avançamos em pouco tempo”, relatou.

Obras do Zé Parrella

Entre as obras, Zé Parrella citou como mais importantes a construção de um novo Paço Municipal para agilizar os trabalhos e melhor atender a população; as reformas do campo municipal e ginásio de esportes que foram retomadas. “Ibaté vem se destacando nos projetos esportivos de crianças e jovens em nível nacional”, destacou o prefeito.

Ele também citou o Complexo Esportivo Parrellão, que está passando por uma reforma geral para atender todos os alunos e a população;

Educação

Na área da Educação, Parella contou que está construindo uma creche no Jardim Cruzado e ampliando outra no Jardim Icarai. “Com isso, não teremos déficit de vagas nos próximos anos”, afirmou.

“Este ano, no primeiro dia de aula, entregamos 4.500 kits de uniformes escolares e entregaremos na Páscoa, a mesma quantidade de ovos para as crianças”.

O prefeito disse que determinou que fosse construído um novo prédio para o Departamento da Educação, ao lado do novo Paço Municipal, que também está em construção, e uma Biblioteca Municipal que será construída na Avenida São João.

Infraestrutura urbana

Parrella também alfinetou e relatou que em Ibaté não tem buracos. “Não iremos mais precisar da operação tapa buracos, pois vamos fazer um recape geral nas ruas da cidade”, disse.

O prefeito lembrou que efetuou a duplicação da Avenida Santa Rufina, com implantação de canteiro central e plantação de palmeiras.

“Fizemos a manutenção e adequação de todas as praças municipais da cidade. Só para terem uma idéia, nesses 100 dias já plantamos 7,5 mil árvores na cidade”, contou.

Frota Municipal

Sobre os veículos que servem os departamentos da Prefeitura, Zé Parrella contou que Ibaté é bem servida de veículos e máquinas. “Faltava uma pá carregadeira, pois a nossa é ano 2002 e comprei um caminhão truk, para o Departamento de Obras. Doei o carro do gabinete para a Guarda Municipal e comprei mais quatro motos, para melhorar a segurança”, lembrou.

Funcionalismo

Parrella relatou que esse ano o funcionalismo público municipal terá 10% de aumento salarial. “Quando fui prefeito de 2005 a 2012, sempre busquei dar 10% ao ano, para valorizar o funcionalismo, inclusive com a implantação do 14º salário e abono aniversário, buscando resgatar as perdas do passado, e esse ano já determinei que fosse dado os 10% de aumento”, afirmou.

Cidade Limpa

O prefeito lembrou que sempre cobrou dos proprietários de terrenos baldios, que os mantenham limpo. “Cuido das áreas públicas, prova disso é que já iniciei as muretas e calçadas no bairro Jardim Domingos Valério”, contou.

“Demonstrei o que já fiz em 100 dias, com um trabalho sério, com o qual sempre desempenhei, com respeito ao dinheiro público, este dos impostos que a população paga. Assim, diante deste tratamento de saúde que terei que realizar, verifico a oportunidade para poder me recompor emocionalmente e poder voltar a administrar esta cidade como sempre administrei nos 8 anos em que estive a frente do Poder Executivo e nestes 100 dias. Eu sou o Zé Parrella”, finalizou.

“Não me conformo com isso que fizeram comigo”, diz Parrella

Visivelmente emocionado, Zé Parrella afirmou que tem vergonha na cara. “Eu sou muito direto para engolir certas coisas. Tem gente QUE acha isso normal. Se fosse outro prefeito, eles estariam dando risada. Como é que vão me cassar por ter falado que ia iluminar a cidade, por pegar o meu salário e construir um Centro de Recuperação de Dependentes Químicos, como construí o prédio da ETEC?”, indagou.

Zé Parrella disse que não tem dormido. “Hoje às 4 horas estava no Graal. Liguei pro meu motorista e pedi para ele me levar lá. Não durmo. Não me conformo com isso que fizeram comigo”, desabafou.

O prefeito contou que fisicamente, está se recuperando muito bem da cirurgia. “O meu problema é emocionalmente. É o que fizeram comigo psicologicamente. Eu tenho vergonha na cara. Estou me sentindo muito mal”, afirmou.

Com lágrimas nos olhos e a voz embargada, Parrella relatou: “Por exemplo, se alguém falar pro meu neto que o avô dele é cassado? Como é que eu fico? Ele está sujeito a escutar isso. Agora nós precisamos saber o por quê é que fui cassado. Até agora não dá pra entender”, relatou.

1 thought on “COLETIVA | Zé Parrella fala dos 100 dias de governo e revela que vai se afastar por 30 dias

  1. Particularmente acho que a cidade de Ibaté divide a herança política em duas fases, antes e depois do sr. Parella. Independente de cassação, o que foi feito desde quando o sr. Parella executou, se somarmos todo o histórico anterior não é igual ao que já foi feito. A guinada gestionária empreendida pelo sr. Parella jamais será esquecida e esse prefeito ficará para a história, independente de ser ou não cassado. A um pleno reconhecimento popular por tudo que foi construído pelo sr. Parrela pois, ter 75% do votos válidos, pouquíssimos políticos no Brasil conseguiram em sua base eleitoral. O que lamento, é que o povo de Ibaté não consiga eleger vereadores que tenham a competência, a dinâmica e o senso empreendedor do sr. Parella, Ibaté também precisa de uma Câmara de Vereadores dinâmica, atuante e que ajudem o prefeito com sugestões a administrar a cidade, isso está muito longe de acontecer. Quanto ao sr. Parella, jamais será esquecido….

Deixe uma resposta