IBATÉ | Em menos de seis meses administração planta 10.000 árvores na cidade

A Prefeitura de Ibaté vem dando continuidade ao projeto de plantar árvores e criar arboretos no município. Quando assumiu a administração pela terceira vez, prefeito José Luiz Parrella (PSDB), traçou uma meta para seu novo mandato, plantar 45 mil de árvores de nativas da região e até o momento já foram 7.500.

Pensando no Dia Mundial do Meio Ambiente, que é comemorado hoje (5), Zé Parrella reforçou a ideia de criar arboretos em Ibaté com o plantio de árvores. “Quando assumi disse que pretendo que essa administração plante 45 mil mudas de árvores nativas em Ibaté, até agora já foram plantadas 10.000, estamos no caminho certo e com isso vamos criar mais arboretos na cidade”, destacou. “Temos que fazer de Ibaté exemplo para as demais cidades, com mais verde, uma cidade mais bonita, mais acolhedora”, completou.

Zé Parrella lembrou que em seus dois primeiros mandatos como prefeito conseguiu plantar 60 mil árvores, que corresponde a 11 arboretos por toda a cidade, e que agora a meta é chegar nas 45 mil, onde serão mais 9 arboretos em pontos estratégicos. “Certamente vou chegar com a ajuda da população que compra essa ideia arborizar Ibaté, de deixar a cidade mais sustentável, queremos plantar árvores em locais onde elas nunca deveriam ter sido arrancadas, afinal de contas é dever do homem publico é cuidar do meio-ambiente”, disse.

Reforçando o meio ambiente, Zé Parrella explicou que essa conscientização é uma marca que quer implementar nas escolas de Ibaté. “Se desde criança aprendemos a cuidar e ter amor pelo meio ambiente, é claro que quando adultos seremos pessoas engajadas na preservação. Vamos trabalhar nas escolas municipais a ideia de plantar árvores e cuidar das que já existem”, observou.

As árvores possuem um papel muito importante no restabelecimento da relação entre o homem e o meio natural, garantindo uma melhor qualidade de vida para as pessoas. “Uma adequada arborização nos fornece boa sombra e ventilação constituindo o conforto térmico nas cidades. Além disso, as plantas nos trazem além da função paisagística, a proteção contra ventos, diminuição da poluição sonora, absorção de parte dos raios solares, ambientação à pássaros e absorção da poluição atmosférica, neutralizando os seus efeitos na população”, finalizou Zé Parrella.

Deixe uma resposta