IBATÉ | Alunos da rede municipal de Ensino voltam às aulas após recesso escolar

Após o recesso escolar do primeiro semestre, os alunos da rede municipal de ensino de Ibaté retornaram às aulas nesta semana. Os estudantes encontraram as escolas todas preparadas para que o segundo semestre seja, ainda melhor, que foi o primeiro.

Segundo o Departamento Municipal de Educação, aproximadamente quatro mil e quinhentos alunos, sendo 615 de Creche, 894 de Pré-escola, 2472 de Ensino Fundamental e 43 da Educação de Jovens e Adultos (EJA), voltaram ao ano letivo nas 13 escolas municipais.

O prefeito José Luiz Parrella (PSDB) destacou que o recesso do meio do ano serve para os alunos e professores descansarem e ganharem um fôlego para o segundo semestre. “É sempre bom ter um descanso. Agora os alunos e professores retornam com mais ânimo para o segundo semestre das aulas”, observou.

Zé Parrella ressaltou que o retorno às aulas é sempre um momento muito especial aos alunos, independente de ser no começo ou no meio do ano. “Os alunos sempre tem aquela empolgação para retornar à escola e saber como vai ser depois do recesso. Aqui em Ibaté, nossos professores são capacitados e comprometidos em oferecer sempre o melhor ensino às nossas crianças, com o objetivo de formar cidadãos conscientes e de bem”, disse.

O prefeito lembrou que no começo do ano foi distribuído um kit de uniforme para cada um dos alunos, sendo o masculino composto com duas camisetas, um shorts e um agasalho de frio com jaqueta e calça. Já o kit feminino, com duas camisetas, uma saia shorts e também o agasalho para o inverno. “Acredito que todas as crianças uniformizadas ficam com um aspecto de igualdade, vestidas com a mesma roupa, que é de qualidade, inibi valores consumistas e a valorização por roupas de grife, aquelas de marca, além de garantir a segurança delas por conta da padronização da vestimenta, evitando também comparações e ações desrespeitosas, até mesmo o bullying”, afirmou.

O chefe do Executivo ressaltou sobre a merenda escolar e recordou que durante o recesso, os alunos puderam se alimentar, normalmente, nas escolas. “Vamos continuar oferecendo merenda de qualidade aos nossos alunos, não deixando de servir nem mesmo no período em que não tiveram aulas. E o padrão será o de sempre: de alta qualidade”, finalizou Zé Parrella.

Deixe uma resposta