POLÍTICA | Marquinho propõe nome de Luiz Paulillo Filho para Praça no Jardim Cardinalli

O vereador Marquinho Amaral (PMDB) protocolou na Câmara Municipal um projeto de lei que dá o nome de Luiz Paulillo Filho a uma praça pública localizada entre as ruas General Osório e Geminiano Costa, no Jardim Cardinalli.

A proposta homenageia o comerciante que presidiu a Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC) entre 1971 e 1983 e foi vereador no período de 1973 a 1977. Foi também fundador e primeiro presidente do Grêmio Esportivo São-carlense.

Falecido em 1998 aos 74 anos, Paulillo Filho é patrono de uma rua no Loteamento Residencial Parati, conforme disposto na Lei Municipal No. 12285 de 24/11/1999, também de autoria do vereador Marquinho Amaral.

Na justificativa do projeto, o parlamentar destaca a biografia do homenageado, que nasceu em Piracicaba, passou a infância em Araraquara, formou-se tecnólogo em ótica em São Paulo e instalou-se em São Carlos no ano de 1947. Nesta cidade abriu as lojas Paulillóptica, Paulillo Joias e Paulillo Decorações.

Em 1958, casou-se com Lãines Apparecida Giongo, com quem teve três filhos: Aldo Luiz, Sérgio Luiz e Luiz Fernando (doutor em economia pela Unicamp, professor da Universidade Federal de São Carlos desde 1994 e pesquisador da FAO/ONU).

Na presidência da ACISC, Luiz Paulillo Filho instituiu o Dia do Freguês, comemorado em 16 de julho (regulamentado Lei nº 7.370/74), e os títulos de “Comerciante do Ano” e “Comerciante Homenageado do Ano” (regulamentados pela Lei nº 7.435/75). O Dia do Freguês começou a ser comemorado em São Carlos, por meio da ACISC e se propagou para outros municípios brasileiros, que se tornaram adeptos da ideia.

Como vereador, em 1973 foi eleito vice-presidente da Mesa da Câmara Municipal (biênio 3/01/73 a 31/01/1975), secretário da Comissão de Obras e Serviços Públicos e presidente da Comissão de Finanças e Orçamento.

Na época, presidiu o Grêmio Esportivo São-carlense, fundado em 19 de março de 1976, equipe de futebol profissional do município que alcançou o campeonato paulista da primeira divisão de profissionais nos anos 90, propagando o nome do município pelas regiões brasileiras.

Luiz Paulillo Filho foi também presidente do Mobral em São Carlos, entre 1974 e 1980, presidente e fundador do Rotary Clube de São Carlos-Pinhal (em 9 de outubro de 1979), clube de serviço que presidiu por dois períodos rotarianos: 79/80 e 80/81. Faleceu em São Carlos no dia 23 de junho de 1998.

Deixe uma resposta