NACIONAL | Lobbe comemora remédio para Alzheimer e espera maior atenção ao Parkinson no SUS

O Ministério da Saúde incorporou o remédio para Alzheimer na rede pública para casos graves e moderados. O medicamento, conhecido como Memantina, já tem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e terá de ser disponibilizado no Sistema Único de Saúde (SUS), até março de 2018.

O deputado federal Lobbe Neto, do PSDB paulista, comemora a notícia e destaca a urgência da população. “Uma boa notícia para a saúde dos brasileiros. O Ministério da Saúde, agora, incorpora um medicamento para Alzheimer, no Sistema Único de Saúde (SUS). Parabéns ao Ministério da Saúde e vamos continuar o nosso trabalho”, declarou.

Lobbe Neto destacou que essa iniciativa vem de encontro com o Projeto de Lei 605/2015, de sua própria autoria, que visa garantir o atendimento necessário aos pacientes da doença de Parkinson, por meio do SUS. “É uma boa proposta para atender as pessoas que têm Alzheimer e também estamos esperando que o Ministério da Saúde incorpore no sistema SUS, aqueles que são acometidos com o Mal de Parkinson. Temos um projeto nesse sentido e esperamos que, na mesma linha, o SUS atenda não só pacientes com Alzheimer, como também com Parkinson”, sugeriu.

A memantina, remédio para Alzheimer, age impedindo a ação do excesso do glutamato nos neurônios. A recomendação para incorporação no SUS foi feita por comissão de avaliação em julho deste ano. O relatório ressaltou que, mesmo sendo pequeno o tamanho do efeito, o remédio é significativo e influencia favoravelmente a qualidade de vida dos doentes e cuidadores. 

Deixe uma resposta