IBATÉ | Mulher tem rosto cortado por linha com cerol; GM alerta que prática pode causar multas

Uma jovem chamada Beatriz, moradora no Jardim Mariana, em Ibaté, publicou na sua conta pessoal do Facebook, um alerta aos motociclistas e pedestres da cidade.

Segundo relatou, na tarde de quarta-feira, 06, ela e a sua mãe desciam pela rua Maria Klaic Mendes, quando foram atingidas por uma linha com cerol.

Beatriz estava na garupa da motocicleta e não foi atingida, porém, sua mãe sofreu vários cortes no rosto e teve o capacete cortado pela linha. Por sorte, ela conseguiu parar à tempo de evitar um acidente ainda maior.

A nossa reportagem entrou em contato com o comandante da Guarda Municipal, Vitor Reis, e o mesmo informou que, com a aproximação das férias, a tendência desses riscos pode aumentar, porém, a corporação vai intensificar a fiscalização para coibir o uso e a comercialização de linhas com cortantes. “Estamos preparando uma operação, juntamente com a Fiscalização Municipal e a Polícia Militar, para orientar e até multar aqueles que praticam o uso do cerol ou outros cortantes em linhas de pipas”, comentou.

Denúncias podem ser feitas pelo telefone 3343.6290 da Guarda Municipal, ou no 190 da Polícia Militar. Em Ibaté, existe a Lei Municipal n° 2.172/05, que proíbe o comércio, a fabricação e o uso de cerol, resultando em multa para quem for pego com o material cortante.

É importante que os pais e/ou responsáveis, orientem seus filhos para não utilizarem linhas com cerol. Em caso de flagrante de menores, os pais serão responsabilizados. Comércios que fazem a venda desse material, também serão autuados e, em caso de flagrante, podem responder criminalmente pelo fato.

Deixe uma resposta